A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

02/07/2013 17:41

FFMS promete mobilização para Operário e Saad jogarem no Morenão

Helton Verão
Clubes já haviam até arranjado novos locais para os jogos, mas FFMS promete negociar o Morenão (Foto: Marcos Ermínio)Clubes já haviam até "arranjado" novos locais para os jogos, mas FFMS promete negociar o Morenão (Foto: Marcos Ermínio)

O presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) Francisco Cezário, afirmou na tarde desta terça-feira (2) que vai entrar em negociação com os responsáveis do estádio Morenão, a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para liberar o estádio para as cinco equipes da Capital que irão disputar a Série B, do Estadual.

A informação foi confirmada durante a Assembleia Geral Ordinária do Conselho Técnico e Arbitral do Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série B de 2013 onde foram definidos e traçadas algumas definições aos 12 clubes que irão disputar a competição.

A posição do presidente dá um novo gás as diretorias que estão esperançosas em não precisar sair da Capital para mandar seus jogos.

Pelo menos dois dos clubes, o Operário e o MS Saad têm dívidas com a UFMS e por isso se viram obrigados a procurar “casa” em outras cidades. Inclusive já haviam encontrado, em Aquidauana no estádio Noroeste, mas a Polícia Militar vetou a realização de jogos no local por falta de segurança.

Assim, o alvinegro já estava apalavrado com a diretoria do Águia Negra para atuar no Ninho da Águia e também no André Borges, em Coxim. O Saad também com o estádio do Dragão, em Nova Andradina.

“O acordo que fizemos com os três clubes da Capital na primeira divisão para jogarem no Morenão será tentada novamente agora com os cinco clubes na série B. Não sei quanto cada um deve, mas vamos tentar um abatimento de alguma forma desta dívida”, comentou Cezário.

Dos dois clubes o Operário Futebol Clube teria a maior dívida com a UFMS, que estaria entre R$ 12 e R$ 15 mil.

Os outros clubes da Capital, Guaicurus, Portuguesa e o Campo Grande a princípio não teriam problemas para atuar no Morenão.

Cezário não descarta o estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas para as partidas. Mas segundo ele, o prefeito Alcides Bernal teria dito que não pretende utilizar o local para o futebol profissional. “Irei procura-lo para saber se ele não quer mesmo jogos lá. Queremos os jogos das equipes de Campo Grande aqui”, avisa e ressalta o presidente da FFMS.

O Sidrolândia deverá mandar seus jogos a princípio também no Ninho da Águia, mas lá o problema já é outro, pois o estádio Municipal está em reformas.

Outros assuntos – Na assembleia ainda foram discutidos alguns outros assuntos como a execução do hino do nacional e de Mato Grosso do Sul antes de cada jogo para evitar problemas com o ministério público.

A FFMS ressaltou para os clubes a importância de assegurar os pagamentos aos árbitros e gandulas e para não tentarem terem contato com os profissionais e até mesmo com os integrantes da Federação. “Não podemos ser amigos, nosso tratamento é profissional, com os árbitros tem que ser assim também”, pediu Cezário.

Foram esclarecidas também dúvidas contratuais para que não se repita situações como a que aconteceu com o Naviraiense, que acabou eliminado por problema com dois jogadores sem contratos.

Patrocínio do Governo do Estado- Assim como aconteceu na série A do Estadual, Cezário pretende fechar parceria com o Governo do Estado para que seja bancada a estadia do visitante nos jogos fora de casa.

Cinco clubes não enviaram representantes, mas estão confirmados na competição, Costa Rica, MS Saad, Nova Andradina, Sidrolândia e União. Os três primeiros citados esclareceram o motivo da falta.

O Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série B começa no dia 17 de agosto com os jogos entre Guaicurus e Nova Andradina no Morenão; Ubiratan e União no Douradão. No domingo (18) Coxim e Costa Rica no André Borges; Camapuã e Portuguesa no Carecão; Sidrolândia e Operário no Ninho Da Águia; e Campo Grande e MS Saad no Morenão.

Os times estão divididos em três chaves com quatro equipes. As duas melhores de cada se classificam e se dividem por mais dois grupos:1ºA, 2ºB e 1ºC e no outro: 1ºB, 2ºA e 2ºC. Eles jogam entre si, em jogos de ida e volta (turno e returno), classificando-se para a próxima fase a melhor equipe.

Fla bate a Portuguesa de virada, faz 3 a 2 e está na final da Copa SP
O Flamengo está na final da 49ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A vaga foi garantida no final da tarde desta segunda-feira (22), quando o...
Corumbaense bate o Ceilândia no jogo de ida da Copa Verde
O Corumbaense bateu por 3 a 1 o Ceilândia, no jogo de ida da fase preliminar da Copa Verde. O duelo foi realizado na tarde deste domingo (21), às 17h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions