A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Julho de 2018

18/12/2016 10:44

Japoneses assustam, mas C. Ronaldo marca 3 e Real vence na prorrogação

Rafael Ribeiro

O Real Madrid conquistou o Mundial de Clubes da Fifa após vencer o Kashima Antlers por 4 a 2 na manhã deste domingo (18), em Yokohama, no Japão. Apesar da superioridade dos espanhóis, os japoneses se desdobraram por jogarem em seu país e a vitória só foi obtida na prorrogação, após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar.

O Real deu a impressão de que dominaria completamente a partida quando Benzema, logo aos 9 minutos de jogo, abriu o placar.

Mas o que seria uma goleada, virou uma partida disputa. O Kashima empatou no fim do primeiro tempo e surpreendeu ao virar o placar no início da etapa final, dando a impressão que após eliminar nas semifinais o Atlético Nacional, da Colômbia, e se tornar o primeiro asiático a disputar o título, poderia entrar de vez na história.


Foi então que a estrela do português Cristiano Ronaldo, um dos candidatos finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, começou a brilhar. Primeiro, ele converteu aos 13 minutos do segundo tempo o pênalti que igualou o placar e esfriou a empolgação japonesa.


Na prorrogação, contudo, Cristiano Ronaldo marcou outros dois gols, aos 8 e 13 minutos do primeiro tempo, garantindo o quinto título mundial do Real Madrid e acabando de vez com qualquer chance asiática de zebra.

 

O último título sul-americano no torneio foi justamente o conquistado pelo Corinthians em 2012. Até o jogo deste domingo, o gol de Guerrero contra o Chelsea naquela partida havia sido o útlimo gol tomado por uma equipe europeia na decisão do título.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions