A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/03/2010 22:42

Neymar e André garantem goleada do Santos contra o Remo

Redação

Novamente, Robinho não fez falta. Com ótima atuação da dupla de ataque Neymar e André, o Santos garantiu a classificação antecipada às oitavas-de-final da Copa do Brasil ao vencer o Remo, por 4 a 0, no Mangueirão, em Belém (PA), na noite desta quinta-feira.

Assim como no clássico contra o Corinthians, dia 28 de fevereiro, na Vila Belmiro, a última ausência de Robinho até então, Neymar foi o encarregado de vestir a camisa 7. O jovem marcou dois gols, e deu o passe para os outros dois, feitos pelo parceiro André.

O próximo adversário santista sai do confronto entre Fortaleza e Guarani. Na primeira partida, jogando dentro de casa, a equipe cearense venceu por 2 a 0. O jogo da volta será dia 31 de março, em Campinas.

O Remo começou a partida de forma dominante, porém, a equipe pouco ameaçava o adversário. Nervoso em campo, o Santos teve dois jogadores, Durval e Marquinhos, punidos com o cartão amarelo com menos de dez minutos de jogo. Aos poucos, o time comandando por Dorival Júnior dava sinais de reação.

Como ocupava o setor ofensivo com diversos jogadores, a equipe paraense sofria com a ameaça de contra-ataques. Em um deles, aos 21 minutos, o Santos encaixou uma bela linha de passes e abriu o placar. Arouca roubou a bola e tocou para Ganso. O meia ainda rolou para Marquinhos, que de primeira, encontrou Neymar livre na área para marcar.

O gol esfriou a empolgação do time mandante. Já o Santos seguia explorando a velocidade de seus atacantes. Em uma jogada de extrema rapidez, aos 42 minutos, Neymar entrou na área, driblou o goleiro e tocou de lado para André ampliar o placar.

Na volta para o segundo tempo, o treinador do Remo, Sinomar Naves, fez duas alterações em busca, ao menos, de um gol para garantir a partida da volta. Gian e Otacílio entraram em campo, mas antes mesmo de tocarem na bola, o Santos ampliou o placar. Aos 3 minutos, Neymar tabelou com Arouca e encontrou André livre na entrada da área. O centroavante tocou por cima do goleiro Adriano para marcar.

Para reanimar a torcida paraense, o Remo teve pênalti, cometido por Edu Dracena em Gian, a seu favor. Só que na cobrança, Marciano carimbou o travessão. Erro que custou, inclusive, o direito de sonhar com uma reviravolta no placar.

Sem sofrer ameaças, o Santos passou a tocar a bola esperando o tempo passar. A equipe ainda foi contemplada com um pênalti aos 36 minutos. Neymar converteu a cobrança e fechou o placar.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions