A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/05/2015 20:10

Ponte Preta aproveita ressaca do São Paulo e vence com gol de Cajá

Alan Diógenes

Se a intenção do São Paulo em Campinas era se recuperar da queda precoce na Copa Libertadores, Renato Cajá estragou os planos neste domingo. Embalada pelo avanço de fase na Copa do Brasil, a Ponte Preta aproveitou a ressaca adversária e venceu "apenas" por 1 a 0, em partida com muitas chances a favor da equipe da casa, que, punida, jogou com os portões do Moisés Lucarelli fechados.

O único gol foi marcado ainda aos 13 minutos do primeiro tempo. Depois de saída errada de jogo do meia-atacante argentino Ricky Centurión, a bola caiu nos pés de Renato Cajá. Pouco atrás da meia-lua, o meia notou Rogério Ceni adiantado e bateu no ângulo direito. O goleiro ainda tocou na bola, porém sem impedir que ela balançasse a rede. Apesar do erro, ele fez diversas boas defesas depois, nas duas etapas, e evitou placar muito pior.

A primeira vitória leva a a Ponte Preta a quatro pontos, um a mais do que o São Paulo, que teve estreia vitoriosa antes de cair nas oitavas de final da Libertadores. O próximo compromisso da equipe da capital será apenas no sábado, diante do Joinville, no Morumbi. No dia seguinte, também pela terceira rodada competição nacional, o time de Campinas visita o Cruzeiro.

Neste domingo, em relação à derrota de quarta-feira, Milton Cruz escalou o São Paulo com quatro novidades. O treinador não pôde contar com o zagueiro Lucão (na Seleção Brasileira sub-20) e os meio-campistas Souza (por conta de desconforto muscular) e Michel Bastos (ainda mal fisicamente após se recuperar de dengue). Por opção, também deixou Denilson no banco. Assim, Dória, Centurión, Hudson e Rodrigo Caio ganharam chance.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions