ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 32º

Esportes

Procuradoria do TJD questionará CBF sobre nomeação de Petrallás para Federação

Após a nomeação de Estevão Petrallás, o procurador-geral do TJD, Adilson Viegas mandará documento a CBF

Por Gabriel de Matos | 28/05/2024 14:49
Ednaldo Pereira ao lado de Estevão Petrallás na sede da CBF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
Ednaldo Pereira ao lado de Estevão Petrallás na sede da CBF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A Procuradoria do TJD-MS (Tribunal de Justiça Desporiva de Mato Grosso do Sul) enviará na tarde desta terça-feira (28) um documento a CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O objetivo é questionar a nomeação do ex-presidente do Operário, Estevão Petrallás para ocupar o cargo de presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

A portaria publicada na segunda-feira (28) pela entidade máxima do futebol nacional afastou Francisco Cezário de Oliveira da presidência da FFMS e nomeou Estevão Petrallás. O prazo é de 90 dias. Na segunda-feira, Estevão se reuniu com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, na sede da entidade.

O procurador-geral do TJD-MS, Adilson Viegas de Freitas Junior, enviará o questionamento. Na ata de posse da atual gestão da FFMS estão nome de vice-presidentes, sendo eles: Marco Antônio Tavares; Alfredo Zamlutti Junior; Américo Ferreira da Silva Neto; Carlos Alberto de Assis e Aparecido Jose Damaceno.

O mandato deles começou a valer no dia 30 de abril de 2023 e vai até 30 de abril de 2027. O nome de Petrallás passará por uma apreciação em assembleia geral extraordinária no dia 7 de junho, marcada pelos clubes em reunião no Hotel Ipê. Isso está previsto no artigo 142 do Estatuto da CBF.

O anúncio do interventor da CBF não foi bem recebido pelos clubes. Ainda na segunda-feira, em outra reunião para definir o início do Campeonato Sul-Mato-Grossense Sub-20, eles encaminharam um abaixo-assinado ao presidente do TJD-MS, Patrick Hernandes. Ele recebeu o documento com 16 assinaturas contrárias a nomeação de Estevão.

Os clubes que tiveram representantes na lista foram Dourados AC; CD 7 de Setembro; EC Comercial; Ivinhema FC; OAC (Operário Caarapoense); São Gabriel EC; Cefac/Esquerdinha; AA Portuguesa; Novo FC; MS Fênix; Náutico FC; Aquidauanense; Corumbaense; Ponta Porã SE; União ABC.


Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias