A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Junho de 2018

09/06/2018 10:11

Projeto começa a "peneirar atletas" que formarão seleção da Capital

Capital será representada por times nas categorias sub 11, sub 13 e sub 15

Danielle Valentim e Miriam Machado
115 garotos já foram pré-selecionados durante treinos nos Bairros. A partir de agora, peneira seleciona os jogadores oficiais. (Foto: Fernando Antunes)115 garotos já foram pré-selecionados durante treinos nos Bairros. A partir de agora, peneira seleciona os jogadores oficiais. (Foto: Fernando Antunes)

Começou neste sábado (9), a "peneirada" de atletas mirins para composição de uma seleção de futebol em Campo Grande nas categorias sub 11, 13 e 15. O Projeto Escola Pública de Futebol que possui 13 polos para treinos já pré-selecionou 115 garotos e, a partir de agora, realiza quatro encontros para a escolha dos 25 melhores jogadores para cada grupo.

De acordo com o coordenador do projeto, Bruno Nóbrega, cada polo realizou uma pré-seleção dos melhores alunos e os treinos para escolha dos jogadores oficiais ocorrerão aos sábados.

Foram no total 1,3 mil crianças e adolescentes inscritos. A seleção vai eleger 25 atletas em cada categoria. No Belmar, treinam garotos do sub 11 e sub 13. Os atletas sub 15 estão no Ayrton Senna, por causa da idade e quantidade de inscritos.

Os finalistas na seleção representarão Campo Grande em campeonatos estaduais. Os quatro treinadores já foram jogadores - Paulo Rezende e Copeu na seleção de atletas do sub 11 e, Gilmar Salonga e Nei Magalhães no sub 13 e 15.

Os alunos do projeto estão divididos entre 9 e 13 anos e precisam estar matriculados nas escolas regulares.

Para se inscrever basta procurar um dos 13 polos, nos parques Ayrton Senna, Jacques da Luz, Tarsila do Amaral, Sóter, Belmar Fidalgo, Elias Gadia, Centro Olimpico Vila Nasser, na Vila Pioneira, no Guanandizão, no bairro José Abrão, Campo de Futebol Sisep na Guaicurus, e nos dois distritos de Rochedinho e Anhanduí.

O aluno Guilherme Rodrigues Lira, de 12 anos, conta que começou no esporte aos 9 ou 10 anos. Ele é um dos candidatos que treina no Belmar. “No começo do ano passado eu já me inscrevi e, agora, já passei na pré seleção. Estou animado e ansioso”, disse.

Já o atleta Victor Cosme, 9 anos, começou a treinar aos 7 anos e participa no Projeto no Elias Gadia. “É muito bom, eu gosto”, disse.

A dona de casa Regiane da Silva Higa acompanha o filho Ronaldo Hideki, 13 anos, e ressalta a seriedade do projeto, que cobra o boletim escolar. “Ele treina no Pioneira. Ele sempre gostou. Nós moramos fora por um tempo e quando voltamos ele tinha 4 anos. No início ele começou por brincadeira, mas depois do projeto ele pegou firme e engajou. Ele é meu orgulho”, disse a mãe.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions