ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Esportes

Retomada é difícil após pandemia, mas atletas tentam pontuar para etapa nacional

Pelo menos 80 competidores disputam, até amanhã, no Parque Ayrton Senna, em evento sem público

Por Lucia Morel e Liniker Ribeiro | 17/10/2020 15:33
Nova pista foi aprovada por atletas. (Foto: Kísie Ainoã)
Nova pista foi aprovada por atletas. (Foto: Kísie Ainoã)

No primeiro dia de uso da nova pista de atletismo do Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, atletas elogiaram o espaço, mas lamentaram a redução nos treinos e de preparação física durante a pandemia. Para eles, retomar as atividades é como se estivessem correndo pela primeira vez.

Sem público e com todos os cuidados biossanitários sendo tomados pelos organizadores, o Campeonato Estadual de Atletismo sub-18 e sub-20, que segue até a amanhã, conta com 80 competidores que seguirão para competição nacional dependendo da colocação deste fim de semana.

De Três Lagoas, a velocista Ana Laura, de 15 anos, corre na categoria sub-18 de 400 metros e 800 metros e afirma que corre há dois anos e meio. “É difícil voltar, porque estávamos em um pique e paramos. era um e paramos. Agora retomar é como se fosse um choque, como se fosse a primeira corrida”, avalia.

Andre Luís Duarte, 17 anos, correu hoje nos 400 metros da sub-18 e amanhã vai competir em trajetos maiores. O resultado de hoje na nova pista foi satisfatório, ganhando o primeiro lugar. Para ele, foi um “treino” para a competição de amanhã. Ele compete profissionalmente há cinco anos e retomar agora também é “difícil, porque estaca em um treino muito intensivo antes da pandemia”.

Para Mauro, voltar a competir "é muito bom". (Foto: Kísie Ainoã)
Para Mauro, voltar a competir "é muito bom". (Foto: Kísie Ainoã)

Lançando dardos, Mauro da Silva, 17, afirma que é muito bom voltar a competir. “Dá um gás pra treinar mais. Melhor seria se não tivesse parado, mas a gente entende”, diz. Ele compete há três anos e avaliou como positiva a nova pista. “Melhorou muito”, sustentou.

Competição - O Estadual ocorre nos gêneros masculino e feminino e servirá para os atletas buscaram índices no ranking nacional, que garantem vagas em competições dentro do país.

Participam das disputas cerca de 80 atletas da Capital, Amambai, Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas.

Medidas de biossegurança estão sendo seguidas. (Foto: Kísie Ainoã)
Medidas de biossegurança estão sendo seguidas. (Foto: Kísie Ainoã)

As provas serão nas corridas rasas de 100m, 200m, 400m, 800m, 3 mil metros e 5 mil metros; arremessos e lançamentos de peso, disco e dardo; e saltos de altura e distância.

As disputas começaram hoje, a partir das 14h, e seguem no domingo, a partir das 8h. Não haverá presença de público.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário