A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

08/12/2017 16:51

Sul-coreano fala sobre "nova" arte marcial no fim de semana na Capital

Paulo Nonato de Souza
Evento com o Mestre Joong Hyun Park, realizado em Foz do Iguaçu, no Paraná, mostra o crescimento da modalidade em nível de Brasil (Foto: Divulgação)Evento com o Mestre Joong Hyun Park, realizado em Foz do Iguaçu, no Paraná, mostra o crescimento da modalidade em nível de Brasil (Foto: Divulgação)

Sipalki-Do, um tipo de arte marcial milenar com raízes na China, começa a ganhar espaço na diversidade de modalidades esportivas em Campo Grande. Neste fim de semana – sábado e domingo -, a cidade recebe o sul-coreano Joong Hyun Park, oitavo Dan e segundo mais bem graduado no mundo na modalidade.

Joong Hyun Park, de 63 anos, vem a Campo Grande participar de um seminário sobre a prática de sipalki, na academia de artes marciais Ion Bi Ryu. Radicado na Argentina desde 1967, Park tem trabalhado pela defesa do esporte, como presidente a Federação Sul-Americana de Sipalki.

Uma prova de que o Sipalki está evoluindo em Campo Grande foi a conquista dos títulos de campeão e vice-campeão por Adilson Beatriz e Ricardo Senna, respectivamente, no Torneio Sul-Americana de Sipalki, realizado em Bariloche, na Argentina. Os dois são dois professores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

“Ao todo foram cinco sipalkistas de Campo Grande representar o Brasil nesse torneio na Argentina e tive a satisfação de vencer na categoria Senior (a partir de 50 anos)”, disse Adilson Beatriz.

Técnicas do Sipalki-Do - A primeira das 18 técnicas é conhecida por Ho Sin Sul e inclui todos os tipos de movimentos de autodefesa, como apertos, os pontos de pressão, técnicas de contenção ou projeções.

A segunda técnica, Kwom Bop vem de sistemas de combate de monges budistas e inclui ataques abertos com mãos, pés, cabeça, defesas de vários ângulos, posições e técnicas de meditação.

A terceira técnica é chamada Kyo Yong e inclui a estratégia e combinações de movimentos necessários em situações de autodefesa contra vários adversários.

As outras 15 das 18 técnicas que tornam o gerenciamento do sistema Sipalki usa diferentes armas, tanto no ataque e defesa, vara ou seja articulado (nang GOM), vara curta (dan bog), vara longa (Bongo) sabre (kom), espada (chung Iong), faca (dar GOM), duas facas (ssang GOM), escudo (fe bang), correia (Ssan), chicote (sul fion), lança (chang), de baionete (chong gom ), luvas (Jwan), machado (doki), tiro com arco (kung sul).

Serviço – A programação do fim de semana prevê troca de faixas neste sábado, às 9 horas, e o seminário no domingo, às 10 horas. A Academia Ion Bi Ryu fica na Avenida Toros Puxian, 752, na Vila Morumbi, em Campo Grande.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions