A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/12/2013 17:45

TJD-MS acusa FFMS de anular indevidamente sentença de jogador do Costa Rica

Helton Verão

Mesmo com o calendário do futebol profissional sul-mato-grossense inativo desde a final do Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série B, uma polêmica tem agitado o clube do Costa Rica, FFMS (Federação de Futebol de MS) e o TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de MS). Tudo porque o atleta Sandrinho, que agrediu o árbitro da decisão com cabeçadas, chegou a ser julgado, punido (quatro jogos de suspensão) e multado, mas misteriosamente a punição foi ‘caçada’ com uma publicação no site da Federação.

Nesta quinta-feira (19), uma nova publicação voltou a punir o atleta conforme havia sido estipulado inicialmente. “A Presidência do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação de Futebol de MS no uso de suas atribuições, chama à Ordem o processo n. 094/2013, bem como, faz saber a quem interessar possa que: NULA a publicação no site www.futebolms.com.br, no link TJD, em data de 13 de dezembro de 2013 com a grafia “liberação do Atleta”, publicou a presidente Celina Mello e Dantas Guimarães.

O mais curioso que quando a reportagem questionou TJD-MS e FFMS, um jogou a culpa para o outro. “Alguém que tem acesso ao site da FFMS entrou e anulou a sentença do atleta. Sendo que encaminhei a o processo ao procurador geral Wander Vasconscelos Galvão e ele ainda não apresentou sua posição”, respondeu Celina.

Já a FFMS, através do vice-presidente Marco Antônio Tavares, rebateu, afirmando que não tem acesso à sessão do TJD-MS, no site da federação. “Quem tem acesso a parte do TJD, é apenas a própria Celina e a secretária dela, ninguém aqui acessou nada”, afirmou Tavares.

O causador da polêmica dificilmente irá aparecer, mas a presidente do TJD-MS não crê que a punição seja revogada. “Com os recentes casos de violência no futebol, creio ser muito difícil escapar da punição”, se referindo a briga generalizada no jogo Atlético Paranaense e Vasco, que tomou conta do noticiário esportivo. “Estamos temendo que o cenário do nosso futebol local, que não está acostumados com esses tipos de casos comecem a ficar iguais os grandes centros”, salienta Celina.

O Costa Rica estreia no estadual no dia 18 de janeiro, contra o Aquidauanense, às 16 horas,no estádio Noroeste, em Aquidauana.

O Estadual terá dois grupos, com sete times de cada lado e se enfrentam em turno e returno. Após esses 12 jogos cada, os quatro melhores de cada chave se classificam para os "mata-matas" das quartas, semi e final. Os dois piores da fase de grupos serão rebaixados para a Série B.

Os grupos seguem como em 2013. Em um estão Cene, Comercial, Novoperário, Aquidauanense, Misto, Maracaju e Costa Rica, de volta à Série A. No outro se enfrentam Águia Negra, Ivinhema, Itaporã, Naviraiense, Sete de Dourados, Urso e o caçula Ubiratan.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions