A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/06/2013 18:08

Torcedores enfeitam rua ansiosos pela estreia da seleção

Grupos de pagode, dançarinas, shows pirotécnicos devem agitar a rua nos jogos do Brasil

Helton Verão
Asfalto já está pintado há algumas semanas e toda competição é feita a solicitação para fechar a rua para assistir os jogos (Foto: Marcos Ermínio)Asfalto já está pintado há algumas semanas e toda competição é feita a solicitação para fechar a rua para assistir os jogos (Foto: Marcos Ermínio)

Imagina na Copa. Esse bordão tem sido utilizado para ironizar de forma negativa a realização da Copa do Mundo no Brasil. Mas na rua Mururê, nas Moreninhas III esse bordão ganha um significado as avessas. Neste sábado começa a Copa das Confederações e o que se vê é um quarteirão todo enfeitado, com fitas verde e amarelas, asfalto e residências pintados de “Brasil”.

O idealizador das artes, o senhor José da Silva, de 43 anos, mora no local há 20 anos e conta que o clima de patriotismo sempre foi esbanjado pelos moradores da Mururê. “Há 20 anos aqui sempre foi dia de festa jogo da seleção. Pintamos as ruas, casas, colocamos enfeites, fechamos a rua e assistimos todos juntos os jogos nela”, conta o eletricista.

Segundo Da Silva, as últimas cinco Copas do Mundo foram assistidas no meio da rua e garante o mesmo padrão de decoração por todos esses anos. ”Neste ano já estamos assistindo juntos desde os amistosos, o telão já foi providenciado”, comenta José.

 

José já pintou rua, a casa dos vizinhos e enfeitou toda rua com o tema do Brasil (Foto: Marcos Ermínio) José já pintou rua, a casa dos vizinhos e enfeitou toda rua com o tema do Brasil (Foto: Marcos Ermínio)
Josimar diz ter aprendido ser um bom brasileiro com José e está ansioso para a estreia neste sábado (Foto: Marcos Ermínio)Josimar diz ter aprendido ser um "bom brasileiro" com José e está ansioso para a estreia neste sábado (Foto: Marcos Ermínio)

Do outro lado da rua, o mecânico Josimar Aguiar, de 29 anos, conta que aprendeu acompanhar o futebol da seleção através do vizinho José. “Essa empolgação que temos de assistir os jogos aprendemos tudo com ele. Nos conhecemos desde que eu era criança”, relembra Aguiar.

Sobre a opinião do desempenho da seleção canarinho na competição, os torcedores demonstram certo pessimismo, mas param para pensar e admitem que mesmo que de forma sofrida, o título será conquistado.

"Forte, forte não está, mas depois do último amistoso com a França estamos com um gás novo, dá para acreditar", responde José.

Já Aguiar tira por base o time que torce, o Flamengo, e compara: "Sou flamenguista, estou acostumado a sofrer, mas acredito no título", argumenta o mecânico.

Amanhã e em todos os jogos então a mobilização para ver o jogo da Seleção Brasileira é na rua Mururê. Telões, grupos de pagode, dançarinas, show pirotécnico e tudo que uma partida de futebol merece.

Imagina na Copa...

Brasil e Japão se enfrentam neste sábado (15), às 15 horas (horário de MS) no estádio Mané Garrincha, em Brasília. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions