A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/03/2011 18:29

UFMS barra jogos no Morenão e federação muda tabela do Estadual

Jorge Almoas

Com contrato com Esporte Clube Comercial, outros clubes não podem jogar no Morenão

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) barrou os jogos do Campeonato Estadual 2011 no Estádio Morenão que não tenham participação do Esporte Clube Comercial. Por conta disso, o local de realização de algumas partidas precisou ser corrigido.

Em nota assinada na data de hoje, o administrador do estádio, João Jair Sartorelli, afirma que o Comercial possui contrato com a UFMS e por conta disso, apenas os jogos desse clube podem ser disputados no Morenão.

A novidade forçou a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) a modificar o local de algumas partidas que acontecem nesse final de semana.

Na tabela disponível no site da federação, alguns jogos aparecem com o local corrigido. A partida entre Operário e Rio Verde, marcada para as 15 horas deste sábado, será realizada no Estádio Jacques da Luz, no conjunto Moreninhas, região sul de Campo Grande.

Outros jogos deste final de semana são: às 15 horas, jogam Aquidauanense e SERC, no estádio Noroeste em Aquidauana; às 17h30, a partida será entre Corumbaense e Ivinhema, no estádio Arthur Marinho, em Corumbá; e às 19 horas, a disputa acontece entre Sete de Setembro e Naviraiense, no estádio Douradão, em Dourados.

No domingo, serão quatro jogos, todos às 15 horas: Urso de Mundo Novo e Ponta Porã, no estádio Toca do Urso, em Mundo Novo; Itaporã e Águia Negra, no estádio Chavinha, em Itaporã; Maracaju e Cene, no estádio Loucão, em Maracaju; e MS Saad e Comercial, no Parque Jacques da Luz, no bairro Moreninhas.

Veja abaixo o documento emitido pela UFMS:



O que tem a ver o péssimo desempenho dos times do estado com o Morenão? Caso o Morenão fosse totalmente reformado a qualidade dos timinhos da cidade irá melhorar? DUVIDO!!! Tirando os quero-queros, uns pouco pançudos tomando cerveja, quem mais vai assistir jogo de time local??? ..... só aqui mesmo!!!
 
Cristian Moraes em 28/03/2011 11:18:10
É lastimável para Campo Grande que já teve grandes jogos no morenão ao longo da história e hoje se vê sem essa possibilidade, por um lado o MP desconsiderando a história e impedindo shows na parque Laucído Coelho e por outro lado dirigentes da UFMS só pensando em arrecadar com os shows, desviando assim a função para qual o estádio foi construido. Que saudade dos Comerários.
 
Geraldo Augusto em 26/03/2011 11:43:09
Inacrditável isso.ESTOU EM Belém ,MAS SOU do M S e exceto o GoIÁS ,O ESTADO ,O RESTO do CENTRO DO OESTE E O NORTE O ÚNICO ESTADO EM QUE AINDA HÁ FUTEBOL DECENTE É O Pará .Embora o Paissandu tenha caido para serie c ,vai voltar brevemente e o REMO SEQUER TENHA SÉRIE,MAS O CERTAME resiste,a torcida comparece.Por exemplo o PAPÃO contra um time do interior ,quinta feira botou 15 mil pessoas no estádio.Enquanto aí em campo grande qual é a média de público?Como vamos nos desenvolver e um dia voltar ao menos a uma serie B?
 
Carlos Rodrigues em 26/03/2011 11:00:59
Não estou desmerecendo os clubes de futebol profissional do estado,mas se os presidentes dos clubes e torcedores pensarem bem,os jogos do campeonato estadual não está levando torcedores ao estadio,os clubes muitas vezes acabam tendo que arcar com despesas que a arrecadação não cobre,nada mais justo então mandar os jogos para as moreninhas,Antes que nossos administradores façam com campo das moreninhas o que foi feito no estadio elias gadia,no taveirópolis.
 
nilson franco de oliveiran em 26/03/2011 09:16:11
Senhor Jair, o maior templo do futebol de MS pertence os clubes da capital como mandante de jogos. O Operário time que já foi um grande clube e que já deu muitas alegrias, orgulho maior do estado não pode ficar mandando seus jogos no "estadio" Jacques da Luz, a nossa casa é o Morenão, foi e sempre vai ser. Agora, barrar o estadio para não receber shows e evitar tudo aquilo como: As traves do gol serradas, o gramado que virou barro etc...Mas esses problemas de destruição do estadio e do gramado não é nada pois estão lucrando com isso, bem mais do que jogos do estadual.
Fato lamentável, espero que o Galo possa mandar seus jogos de volta no estádio, pois não é só o comercial que tem direito. Isso é um desrespeito com a maior torcida do estado.

Nunca se vence uma guerra lutando sozinho.
 
Taynã Gonçalves em 26/03/2011 03:10:04
Quando a UFMS fez um contrato com o Comercial ela avisou que iria fazer shows no gramado e o mesmo ficaria destruído ? Dificilmente terá jogos esse ano pelo Estadual no Morenão pois até a trave do gol foi serrada, e agora o Comercial pagou e não levou ?
 
Guilherme Arruda em 25/03/2011 10:55:41
Por isso que o nosso futebol anda desse jeito o único estádio que poderia representar nosso futebol como símbolo é individualizado para um clube que todos nos sabemos que anda mal das pernas como todos outros clubes do nosso Estado. Alô administração pega o exemplo do engenhão que todos do Rio joga La e ninguém fica com esta frescura mas acho que é isso que vocês querem uma nova modalidade fazer sou de duplas sertanejas e depredarem o patrimônio público.
 
Nivaldo C.Barbosa em 25/03/2011 08:44:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions