A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/09/2014 06:00

A primeira grande derrota do prefeito da Capital

Edivaldo Bitencourt

Derrota – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), sofreu a primeira grande derrota ontem. O Conselho Municipal de Saúde rejeitou a proposta de transformar o Hospital Sírio Libanês em Hospital da Criança do SUS. Sem o aval, a Prefeitura corre o risco de não abrir o centro pediátrico até o dia 12 de outubro deste ano.

Derrota 2 – Olarte enfrenta problemas até para convocar uma reunião extraordinária para agilizar a implantação do Hospital da Criança no Centro da Capital. O prédio está em reforma para ser repassado ao poder público.

Prestigiada - A delegada Rosely Molina, da Delegacia de Atendimento à Mulher, foi super elogiada pela ministra Eleonora Menegucci, de Politicas Publicas para as Mulheres. O motivo da homenagem foi a prisão de 322 homens, que foram enquadrados na Lei Maria da Penha.

Prestígio 2 – Rosely afirmou que Lei Maria da Penha veio para ficar. Ela retribuiu o elogio da ministra e destacou a importância da Casa da Mulher Brasileira, que deve ser concluída no próximo mês.

Lado feminino – A ministra destacou que 52% da população brasileira é formada por mulheres. “Todo mundo tem um lado feminino, alguns mais desabrochados ou não”, brincou.

Gostou – Eleonora gostou de Campo Grande. Ela já prometeu voltar para inaugurar a Casa da Mulher Brasileira. Essa poderá ser a quinta visita da ministra a Campo Grande. Coincidentemente, a violência contra a mulher bateu recorde neste ano na Capital, com nove mortes, contra seis no ano passado inteiro.

PrefeitoGilmar Olarte criticou os bandidos que batem em mulher. “É um cabra idiota e besta”, acusou. “Ao invés de admirar a beleza das mulheres, agride-as”, criticou.

Fracasso – O debate da Fetems entre os candidatos a governador foi um grande fiasco. Além da ausência dos dois líderes na pesquisa – Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB) -, o evento teve pouca repercussão.

Confronto – Delcídio e Reinaldo se preparam para o confronto de amanhã, no debate do SBT MS. O encontro, que contará com os outros quatro candidatos, acontecerá a partir das 22h, com transmissão ao vivo também pela TV Guanandi.

Estratégia – Sob ataque pesado dos dois adversários – Nelsinho Trad (PMDB) e Azambuja -, o senador Delcídio conta com uma defesa extra no horário eleitoral. Os candidatos a deputado federal e estadual usam parte do tempo criticando os autores das denúncias: que não possuem proposta.

(colaborou Kleber Clajus)

Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions