A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/12/2013 06:00

Afastamento de Bernal só depende de juiz

Edivaldo Bitencourt

Vai ou não vai – O prefeito Alcides Bernal (PP) vai manter o suspense amanhã sobre depor ou não na Comissão Processante. Ele não quis assinar a convocação na segunda-feira e recorreu à Justiça para não ser obrigado a ser ouvido pelos vereadores. Ele alega que não quer fazer o jogo “me engana que eu gosto” dos parlamentares de oposição.

Renúncia – Durante evento na Polícia Federal, o prefeito deu bola fora ao anunciar a renúncia do vereador Alceu Bueno (PSL). Ele disse que o parlamentar deixava a Comissão Processante porque não concordava com o ritmo de trabalho comandado por Edil Albuquerque (PMDB).

Contas – Base aliada e oposição se debruçam sobre o impacto das cassações dos vereadores Paulo Pedra (PDT), Thaís Helena (PT), Delei Pinheiro (PSD) e Alceu Bueno (PSL). O PSDB pode ganhar um, José Chadid, que comanda a Secretaria Municipal de Educação. O PT pode efetivar Marcos Alex, líder do prefeito.

Perda – O vereador Coringa (PSD) afirmou, em entrevista a uma emissora de rádio, que o seu partido corre o risco de perder uma vaga. A bancada poderia ser reduzida de três para uma dupla, ele e Chiquinho Telles.

Lava as mãos – O presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar Oliveira (PMDB), foi diplomático sobre a cassação dos colegas. Ele afirmou que vai esperar a decisão da Justiça para tomar qualquer decisão. Ou seja, só vai tomar a medida após ser comunicado da determinação.

Avança - O processo judicial para afastar o prefeito Alcides Bernal do cargo avançou na Justiça. Agora, o pedido do Ministério Público Estadual está concluso para o juiz da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho. E eventual afastamento pode criar mais um front para Bernal brigar para continuar no cargo.

Apagão – O blecaute, ontem de manhã, foi simbólico na Câmara Municipal de Campo Grande. Ocorreu no dia seguinte à cassação de três dos 29 vereadores. A sessão, que previa a votação de 15 projetos, foi suspensa porque o problema só foi solucionado após o cancelamento ter sido colocado em ata.

Tá gravado - O deputado Zé Teixeira (DEM) não quis se intrometer no debate acirrado entre o deputado Marquinhos Trad (PMDB) e Amarildo Cruz (PT) sobre os gastos da CPI da Saúde. Quando Marquinhos perguntou ao democrata quantos funcionários o petista havia dito que foram contratados pela comissão, ele rapidamente mostrou para a TV e afirmou que "está gravado".Todos caíram na risada, inclusive a platéia. Marquinhos então completou: "O Zé Teixeira demonstra que é um sábio".

A Deus - O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a dizer que torce pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, já que quer a cidade continue em desenvolvimento e expansão. "Sempre peço a Deus que ilumine a minha filha que é Campo Grande, que eu tanto amo", declarou o governador.

Penso, logo - André não deixou de filosofar quando foi questionado sobre a cassação de três vereadores de Campo Grande. Ele afirmou que usa sempre aquele pensamento: "Penso, logo existo, e meu pensamento, eu não publico". Puccinelli não deixou de dizer que esta questão depende apenas da justiça e por isso não iria tomar uma posição.

(colaboraram Leonardo Rocha e Kleber Clajus)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


Ao contráio do, VALDIR VILLA NOVA, tomara que o Bernal continue e que esses vereadores trabalhem, e para de ficar enrrolando... Agora o Francisco de sá, tu tá viajando!!! Vc dever ser parente do Puccinelli...
 
Paulo César da Silva Santos em 11/12/2013 12:26:03
"O PSDB pode ganhar um, José Chadid"... Lembrando que: Eis que está expulso do partido e nem quis recorrer
 
Beto Garcia em 11/12/2013 10:22:41
eu duvido que vá...
 
maximiliano nahas em 11/12/2013 10:06:46
Lembre-se ele foi eleito democraticamente pelo povo conforme a CF88, e pelo pouco conhecimento que tenho, isso não cabe a um Juiz dizer se ele fica ou sai.
O caso é bem mas complexo.
 
ailton de oliveira em 11/12/2013 09:41:24
O governador andré como sempre usa de sabedoria para expor sua posição de amor por campo grande e por mato grosso do sul.demonstra assim que quer realmente o bem da cidade e do povo do estado.pudera o bernal ter uma atitude assim e dialogar com a câmara numa atitude de buscar harmonia para administrar a cidade.o povo espera por isto.
 
francisco de sá em 11/12/2013 09:39:56
Tomara que o juiz dê um despacho que deixe feliz nossa Capital.
A cassação do Bernal, seria a maior felicidade nesta época de festas.
Vamos torcer.
 
VALDIR VILLA NOVA em 11/12/2013 07:51:09
"O PSDB pode ganhar um, José Chadid, que comanda a Secretaria Municipal de Educação"...Ele não foi expulso do PSDB e atualmente esta sem partido?.
 
Horácio Costa e Silva em 11/12/2013 07:21:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions