ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Algoz de Bernal vai "conferir" buraco de vídeo polêmico

Por Edivaldo Bitencourt | 31/01/2015 07:00

Infiel – O PT nacional prevê a traição de sete deputados federais na votação para escolher o novo presidente da Câmara dos Deputados. A bancada não deve votar unida no candidato Arlindo Chinaglia (PT), que enfrenta Eduardo Cunha (PMDB) e Júlio Delgado (PSB).

Lista – O jornal Folha de S.Paulo listou, ontem, os sete deputados reeleitos e eleitos infiéis. De Mato Grosso do Sul, o jornal paulista colocou o Vander Loubet (PT) entre os traidores. A direção nacional do partido divulgou nota para desmentir a matéria.

Adeus – Neste sábado, Londres Machado se despede da vida legislativa. Com 10 mandatos consecutivos, ele completa 40 anos como deputado estadual. Ele aposta as fichas na filha, Grazielle Machado (PR) a permanência da família na vida política.

Diga, que vou – A presidente da República, Dilma Rousseff (PT), confirmou vinda a Campo Grande para inaugurar a Casa da Mulher Brasileira. Cerca de 4 mil pessoas já confirmaram presença no protesto contra a alta dos impostos na manhã de terça-feira.

Embate – A Câmara Municipal vai pegar fogo no retorno aos trabalhos na terça-feira. A oposição vai lutar para criar a CPI para investigar a operação tapa-buraco, que deverá movimentar R$ 137 milhões neste ano.

Defesa – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), ensaia a linha de defesa para evitar a investigação. Ele destacou que foi ao local do vídeo, em que operários tapam buraco inexistente, e constatou o problema. Na sua avaliação, havia “buraco” na rua.

Álibi – Olarte destacou que foi ao local acompanhado de engenheiros do Crea (Conselho Regional de Agronomia e Engenharia). No entanto, o órgão informou que não houve perícia nem visita ao local para confirmar ou desmentir o vídeo veiculado pela mídia local e nacional.

Luiz Pedro (de óculos e camisa rosa) conversa com operário que tapou buraco fantasma (Foto: Moisés Palácio)
Luiz Pedro (de óculos e camisa rosa) conversa com operário que tapou buraco fantasma (Foto: Moisés Palácio)
Sem cargo na prefeitura, Luiz Pedro ouve funcionário sobre como foi a operação tapa buraco (Foto: Moisés Palácio)
Sem cargo na prefeitura, Luiz Pedro ouve funcionário sobre como foi a operação tapa buraco (Foto: Moisés Palácio)

Mistério – Autor da denúncia que levou a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), o “empresário” Luiz Pedro Guimarães (foto) também foi verificar in loco se havia ou não buraco no local exibido no famoso vídeo. A “fiscalização” foi registrada pelo fotografo Moisés Palácios.

Mistério 2 – Como Luiz Pedro Guimarães não tem cargo na prefeitura, fica a pergunta: o que ele estava fazendo com a equipe da prefeitura que foi verificar se havia ou não buraco na rua do Parque dos Poderes. Além de empresário, ele também é “produtor rural” e “líder partidário”.

Picuinha, não – O promotor de Justiça, Sérgio Harfouche, avisou que os adolescentes não vão ser prejudicados com picuinha política. Os aliados de Alcides Bernal e Gilmar Olarte brigam pelo controle do Instituto Mirim. O MPE ameaça adotar todas as armas disponíveis para manter o instituto funcionando, independente do grupo que vencer a disputa política.

(colaborou Flávia Lima)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário