A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 27 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/12/2014 06:00

Ao ficar sem mandato, deputado chora copiosamente na despedida

Edivaldo Bitencourt

Hora do adeus – Dois vereadores se despediram da Câmara Municipal nesta semana. Governador por dois mandatos e deputado federal mais votado neste ano, Zeca do PT recebeu até homenagens dos vereadores pelo curto mandato de dois anos.

Até mais – A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) também se despediu do legislativo municipal nesta semana. Assim como Zeca, ela também foi uma das mais votadas nas eleições de 2012.

Agendão – O governador André Puccinelli (PMDB) mantém o ritmo de intensa agenda de inaugurações e lançamentos de obras no interior e na Capital. Ele vem inaugurando bibliotecas, reformas de escolas, prédios de autarquias e da Sanesul na Capital e no interior.

Último dia – O governador deve deixar para os últimos dias a “apresentação” do Aquário do Pantanal, que deverá estar com mais de 90% da obra concluída. A inauguração da MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo, deverá ocorrer no dia 30 de dezembro.

Reservada – O Tribunal de Contas do Estado realizou, ontem, uma sessão secreta para anular a aposentadoria do ex-presidente, o conselheiro José Ricardo Pereira Cabral. Até Ronaldo Chadid, que vinha sendo procurado desde o início do mês, apareceu para participar da reunião.

Ausência – A reunião extraordinária do TCE também foi marcada pelas ausências de três conselheiros. Osmar Jeronymo ainda não tomou posse. Jerson Domingos ainda falta ser nomeado. E o substituto de José Ricardo ainda depende do fim da novela envolvendo o indicado para a vaga.

Na Justiça – A decisão sobre o novo conselheiro deverá parar no Supremo Tribunal Federal e virou questão de honra para as partes envolvidas: Arroyo, Jerson Domingos, Waldir Neves e até o ex-presidente, Cícero de Souza.

Despedida – O deputado estadual Carlos Marun (PMDB) se despediu, nesta quinta-feira, da Assembleia Legislativa. No entanto, ele ressaltou mais o desempenho como secretário estadual de Habitação.

Ao lado – O presidente da Assembleia, Jerson Domingos, despediu-se, ontem, do legislativo. No entanto, como o prédio do TCE fica a poucos metros, ele destacou que sempre estará ao lado e dará uma passadinha para conversar com os deputados e funcionários.

Tristeza profunda – O deputado estadual Osvane Ramos (PROS), que não disputou a reeleição, chorou copiosamente na despedida. Como não disputou a reeleição, ele deixou o parlamento admitindo ser polêmico, deselegante e até moleque. “Mas sempre quis o melhor para o meu estado”, justificou-se.

(colaboraram Ricardo Campos Jr. e Leonardo Rocha)

Entre a decisão e as prisões da Oiketicus
Prazo - As prisões da Operação Oiketicus, que investiga o envolvimento de policiais com a Máfia do Cigarro, foram autorizadas no dia 10 de maio pelo ...
Empréstimo do BNDES não empolga Reinaldo
Queremos mais - O dinheiro que o BNDES está oferecendo em linha de crédito específica para a segurança é “bem vindo”, mas a ação do governo federal é...
Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions