A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/06/2013 06:03

Após tirar sites do ar, engenheiro quer ser deputado

.

Bottura deputado - Depois de tirar do ar sites de notícias em Mato Grosso do Sul, por veicularem notícias sobre ações da polícia contra ele no Estado, o engenheiro Luiz Eduardo Bottura está se articulando politicamente para ser candidato a deputado federal. “Ainda não sei o partido, mas vou sair candidato a deputado federal”, garante ele.

Tiro no pé - Até então, falava em ser governador, mas pelo jeito quer subir na política mais devagar. Bottura tem usado como propaganda as dezenas de ações contra desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, mas agora ganhou o desafeto da imprensa, depois do ataque aos sites.

Metralhadora  - Além de ações contra os sites e magistrados, Bottura elegeu como um dos alvos preferenciais, a partir desse episódio recente, o ex-governador Zeca do PT. Nas redes sociais, disse que abre mão de todas as ações na Justiça, desde que o petista diga como "ficou rico e fazendeiro" apenas com o salário político. 

Índio “doutor” – Uma liderança indígena ficou revoltada durante reunião no Tribunal de Justiça do Estado com o comentário de que as decisões sobre invasões de terra não são tomadas pelos índios, mas pelo CIMI (Conselho Indigenista Missionário). “Isso não é verdade. Também tem índio doutor”, garantiu um dos líderes.

Dia de confusão - Se tudo correr como na campanha, hoje o dia promete nas eleições do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais de Campo Grande). O presidente Marcos Tabosa ataca o opositor dizendo que ele é apoiado pela prefeitura.

Barraco - Já a oposição acusada Tabosa de emitir boletos falsos para desviar dinheiro da conta bancária da entidade. Essa briga dura anos e pode chegar às “vias de fato”, segundo servidores já preparados para acompanhar um “barraco” nesta segunda-feira.

22 anos depois... - Na sexta-feira passada, em caminhada ao lado do filho Nelsinho Neto, o ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, ficou feliz da vida ao encontrar eleitor vestindo uma camiseta da campanha dele para vereador, de 1991.

Segredo - Para quem acha que não há preconceito, mais uma prova de que o campo-grandense ainda tem muitas questões a resolver em relação à homossexualidade. A Defensoria Pública recebeu tantas reclamações e ameaças de protesto que mudou a data do primeiro casamento coletivo gay do Estado.

Amor 100% feminino - A união oficial dos casais, que deveria ocorrer em 12 de junho, foi adiada e a nova data é guardada em sigilo. Até agora, só mulheres procuraram a Defensoria Pública para se inscrever no casamento coletivo.

Congratulações - A nova direção da Secretaria de Meio Ambiente do Município de Campo Grande recebeu elogios públicos no fim de semana. Moradores que há anos pedem fim de aglomeração na rua Brilhante, conseguiram uma “batida especial” em casa de shows na sexta-feira.

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


Deputado sim, com certeza!
Quem não quer um representante popular que possui 3 graduações, 8 pós graduações, fala quatro idiomas, é recordista dos vestibulares, aos 27 anos criou a zona da internet em Tocantins e que é responsável por uma jamais vista luta cidadão contra a corrupção....
Chegar em Brasília e defender o povo de Mato Grosso do Sul é mera conseqüência de um currículo profissional, acadêmico e cidadão que me dão legitimidade.
 
Eduardo Bottura em 03/06/2013 20:21:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions