A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/03/2013 06:00

Bernal e o cofre com R$ 577 milhões

.

Caixa cheio – O prefeito Alcides Bernal (PP) está, literalmente, com os cofres municipais abarrotados. Balanço divulgado na quarta-feira mostra que ele mais que dobrou o dinheiro em caixa. Nelson Trad Filho (PMDB) deixou R$ 246 milhões. Agora, a "disponibilidade bruta de caixa" da Prefeitura soma absurdos R$ 577,2 milhões.

Polêmica – A divulgação do resultado causou barulho em janeiro. Trad Filho afirmou, durante a transmissão do cargo, que tinha deixado R$ 246 milhões. Bernal rebateu, dias depois, de que o valor não era esse, já que a maior parte do recurso tinha destino carimbado. Agora, com mais dinheiro em caixa, o prefeito mantém a mão fechada e vem liberando, quando libera, o dinheiro a conta gotas.

Menos em saúde – A Prefeitura da Capital destinou 27,54% da receita corrente líquida para investimento em saúde. O percentual é um dos menores em relação aos outros gestores e anos, quando o percentual ficava acima dos 30%.

Sem remédios – Postos de saúde da Capital estão sem 300 tipos de remédios. A Secretaria Municipal de Saúde atribui a “carência” é reflexo de cancelamento de pregão pelo atual prefeito. Enquanto isso, a população paga a conta duas vezes, por meio dos impostos e na farmácia da esquina.

Alerta – Policiais militares e civis devem voltar a tomar cuidado com o risco de serem alvos de facção criminosa que surgiu nos presídios de São Paulo. O grupo preso anteontem de manhã planejava cumprir ordens para atacar policiais no Estado. No entanto, a investigação sobre o alvo segue sob sigilo pela Polícia.

Mira – A Enersul informou que pretende realizar vistoria minuciosa para detectar gatos em casas, lojas e indústrias. A concessionária promete não poupar nem os veículos de comunicação que estariam recorrendo a “meios escusos” para reduzir a conta de luz no final do mês.

Em peso – A presidente Dilma Rousseff (PT) vai mandar a tropa de choque para estreitar a relação com os prefeitos na segunda-feira, 1º de abril. Desembarcam os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, das Relações Institucionais, Ideli Salvati, e do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

Interprete – O senador Delcídio do Amaral (PT) busca um interprete para ajudar a ministra responsável pela articulação política de Dilma para entender a situação local. Para o petista, não será tarefa fácil explicar a “babel” em que se transformou a política sul-mato-grossense. O desafio é entender as costuras políticas envolvendo PT, PMDB, PSDB, PPS, PP, PCdoB, PSB, etc.

Petistas - O PT será o partido mais presente na reunião com os prefeitos. Tereza, Pepe e Ideli são filiados ao partido. Só o ministro das Cidades é do PP. Nenhum ministro do PMDB, que tem o maior número de prefeitos, está confirmado para o encontro de 1º de abril.

Ações – A Justiça vem concedendo várias liminares da Defensoria Pública para obrigar o município a matricular crianças em creches ao lado da residência. A medida vem salvando muita mãe que já foi obrigada a largar do emprego para ficar em casa cuidando dos pequenos.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


alguns dizem que os que votaram no outro, não sabem lidar com a derrota, mas vamos ser realistas pessoal !!!, seria melhor ter o vander como prefeito, porque a coisa vai de mal a pior a cada dia que passa, oque é isso meu Deus... cade os caras pintadas, onde estão a juventude que precisa de campo grande, com seu futuro brilhante!..
ta na hora de acordar moçada...
 
Jones Fernandes em 30/03/2013 20:54:27
Nossa como o povo aumenta... Ontem eram 1.700.000,00 e agora já são 3.000.000...
Amanha esse apartamento estara valendo 5 milhoes... na verdade ele deve ter comprado o edificio inteiro...
 
Felipe Silva em 30/03/2013 14:54:27
Abriu o cofre para ele Bernal comprou apartamento de R$ 3.000.000,00, acorda senhores promotores dos MPE e MPF, acorda senhores vereadores, foi criada uma cobra tirem este bicho da prefeitura IMPEACHMENT URGENTE.
 
carlos gomes em 30/03/2013 13:59:15
Cai fora Bernal!

Pede pra sair.
 
Mario Benites em 30/03/2013 12:16:23
se não tem feito nada ainda é claro que tem que ter dinheiro mesmo ai é que entra os vereadores e deputados pra fiscalizar o uso desse dinheiro fazer cotações antes da compra fiscalizar para não ter super faturamentos nas obras e já que tem dinheiro em caixa vamos trabalhar ?? ta na hora
 
fernando abreu em 30/03/2013 12:14:04
O caixa da prefeitura deve esta cheio mesmo falta merenda escolar remédios em postos de saúde buracos nas ruas ai sobra mesmo toma vergonha prefeito cai fora !!!
 
ed willian nunes em 30/03/2013 06:52:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions