A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/07/2014 06:00

Bernal quer voluntário para campanha de R$ 7 milhões

Edivaldo Bitencourt

Quieto – Sem muita notícia boa para divulgar e com projetos emperrando ou fracassando, o prefeito Gilmar Olarte (PP) adotou uma nova postura ontem. Ele limitou-se a um discurso durante evento com o Detran e evitou perguntas dos jornalistas. Alegou compromissos internos e saiu sem falar com a imprensa.

Lamúria – Olarte também tentou justificar a longa espera e o caos no atendimento dos postos de saúde. Ele disse que as unidades de saúde estão lotadas porque 30% dos pacientes são do interior do Estado. “Esta situação precisa mudar, já que na maioria dos casos, os pacientes poderiam ser atendidos nas suas cidades”, argumentou.

Sozinho – Outro destaque no evento do prefeito foi a ausência de vereadores. Nenhum parlamentar prestigiou a assinatura do convênio em que repassou a competência para o registro de ciclomotores da Agetran para o Detran.

Sinal vermelho – O presidente da Agetran, Jean Saliba, vai manter a multa de quem atravessar no sinal vermelho de madrugada. “Não podemos criar regras contra a lei, temos que cumpri-las”, avisou, ignorando apelo dos taxistas para o risco de assalto nos cruzamentos após às 22h.

Antes – Saliba ignora uma “regra” que vinha sendo adotada há anos pela segurança dos motoristas. Nas gestões de André Puccinelli e Nelson Trad Filho, motoristas não eram multados se furassem o sinal na madrugada. Só deviam respeitar a velocidade máxima da via.

Recesso – A Câmara Municipal conseguiu aprovar todos os projetos considerados importantes e entrou de recesso. Os vereadores vão ter duas semanas para fazer campanha. Os trabalhos no legislativo recomeçam no dia 5 de agosto.

Voluntário – O ex-prefeito Alcides Bernal (PP), que prevê gasto de R$ 7 milhões na campanha eleitoral, está apostando em voluntários para ser eleito. A campanha conta com a adesão dos ex-secretários no período em que ele foi prefeito, que tentam proliferar a idéia nas redes sociais.

De olho – O Tribunal Regional Eleitoral não tem poupado esforços para tentar disciplinar a campanha eleitoral deste ano. Juízes prometem acompanhar de perto e dar trabalho para quem aposta em notícias ofensivas e falsas para ganhar a eleição.

Fakes – Os perfis falsos no Facebook é o que mais tem dado trabalho para a Justiça Eleitoral. Nos últimos dias, a Justiça já mandou reduzir quase uma dezena de fakes que foram criados com o único objetivo de falar mal dos candidatos.

Agetran – As avenidas Lúdio Martins Coelho e Nasri Siufi, que formam a marginal Lagoa, contam com 10 quilômetros de extensão, mas apenas um radar de cada lado. Moradores da região acham pouco para frear a violência na via, que liga a Avenida Duque de Caxias ao anel rodoviário.

(colaboraram Leonardo Rocha, Kleber Clajus e Zana Zaidan)

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions