A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/09/2013 07:00

Bernal volta no tempo com carteirinha

Edivaldo Bitencourt

Menina má – Assessoria da prefeitura anda atenta às entrevistas de jornalistas na Câmara Municipal. Ao ouvir agente comunitária de saúde falar mal do prefeito Alcides Bernal (PP), “cupincha” chegou e foi avisando que funcionária deveria tomar cuidado com o andava falando.

Carinha de anjo – A assessora não ficou contente com o alerta e ainda provocou a repórter. Pegando nas bochechas da repórter, a funcionária “exemplar de Bernal” foi avisando que a jornalista só “tinha carinha de anjo”.

Nem tudo está perdido – A Prefeitura da Capital deu resposta rápida ontem à denúncia de que faltou carne e verdura em uma creche. Ao contrário de outras épocas, quando a assessoria esbraveja da campanha contra o prefeito, uma equipe foi ao local conferir como estava a alimentação destinada às 200 crianças. E ainda postou no site do município a versão de que a denúncia “era de gente de má”. A dispensa estava e sempre esteve cheia, segundo a diretora.

Encontro – O governador André Puccinelli (PMDB) encontrou-se, em Costa Rica, com dois prováveis adversários do seu partido nas eleições de 2014. Apesar do clima de disputa já estar começando, ele conversou e riu com o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e com o senador Delcídio do Amaral (PT).

Inimigo número um – A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria Oliveira, faz pouco caso do movimento pelo seu afastamento. Além de minimizar a “primavera da UFMS”, ela escolheu o deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT) como inimigo número um. Tudo que acontece na instituição, ela trata de acusar que é manobra do deputado federal.

Eliminados – Os famosos e parentes de poderosos não foram felizes no concurso do Tribunal de Contas do Estado. O sobrenome famoso ou a fama não foram suficientes para garantir a aprovação na primeira fase do concurso.

A mina de ouro – Outra “mina de ouro” deve ser os cargos de chefe de cartórios, que vão ser alvo de concurso organizado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Das 171 serventias, 74 estão vagas e podem ser preenchidas por meio de seleção pública. Agora, só falta saber se liminares judiciais vão liberar as mais rentáveis na Capital.

Mudança - Bernal vem promovendo a mudança na cor dos públicos municipais, como postos de saúde, escolas e outros prédios. Agora, tudo está sendo "reformado" para ser adaptado ao novo estilo da atual administração. O azul substitui o laranja do antecessor.

Carteirinha – A gestão do prefeito Alcides Bernal voltou, literalmente, no tempo ao trocar o cartão por uma carteirinha de papel. A troca ocorreu no IMPCG (Instituto Municipal de Previdência Social), como atesta a foto publicada abaixo. O caso deixou muito funcionário público indignado, enquanto o mundo caminha para o cartão, Bernal volta a utilizar o tradicional papel.

 (colaborou Jéssica Benitez)

Agora, servidor usa carteirinha de papel, que substitui cartãoAgora, servidor usa carteirinha de papel, que substitui cartão
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...
Reinaldo diz que ação contra o crime não pode ser só no RJ
Mal gerido – Neste ano, o Ministério da Justiça e Segurança Pública gastou R$ 185,77 milhões do FNSP (Fundo Nacional de Segurança Pública), conforme ...



Pelos comentários e, pela forma como foi colocada a nota, se avaliar se a crítica ou a exposição valeria à pena, a opinião contrária, na maioria, demonstra que é necessário avaliar, melhor, o que se critica, já que o povo está melhor esclarecido e crítico...
 
Sebastião Jorge G. em 16/09/2013 16:52:38
Concordo que é muita tempestade para se falar de uma troca de cartão para carteirinha, se a carteirinha é mais barata e mais ágil para trocar quando vence, viva a carteirinha, agora se eles resolverem fazer uma coisa organizada onde o sistema avisa os cartões que estão com vencimento proximo e já faz o pedido dos novos cartões, aí sim, o cartão é mais viavel, ele não rasga, se molhar não tem problema, é mais facil de guardar, etc, mas para isso é necessário que se reorganize a parte administrativa do instituto.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 16/09/2013 14:54:55
Não sei pq a indignação nesse momento com o cartão. Se fosse para reclamar de algo maior que reclamasse dos cartões de CPF que voltaram a ser de papel já tem um bom tempo e ninguém falou nada.
 
Paulo Filho em 16/09/2013 08:16:02
Sou servidora e quero dar uma informação mais apurada deste fato da carteirinha. A carteirinha de cartao, nao tinha utilidade como cartao como vcs mesmos podem apurar, nao tinha código de barras nem nada, apesar de ser MUITO mais facil ter um cartao. Mas o problema é que quando vencia, tinha que ir toda vez emendar um PAPEL ADESIVO na propria carteirinha (diga-se de passagem um serviço porco, porque enrolava pra emitir outra), com assinatura da mirim pra validar mais uns meses (se quiser deixo a disposição a minha e de todos meus colegas).
Creio que fizeram isso para economia, nao acho errado, visto que o cartão só servia quando dentro da validade, depois so emenda de fita adesiva com autorização. Mas poderiam organizar o sistema de cartão tbm. Nao acho que voltou no tempo (minha opiniao)
 
gislaine souza silva em 14/09/2013 09:47:45
Com certeza esta tudo voltando ao passado , pois um prefeito eleito pela maioria do povo ignora que o povo paga impostos e assim ajuda na arrecadação da cidade e o mesmo faz pouco caso deste dinheiro pois o mesmo sabendo ou não paga plantão de 12 horas para uma assistente social do distrito de Anhandui e a mesma trabalha somente 4 horas aos sábados.
Isto e fazer farra com dinheiro publico!!!!!
 
HERALDO DA SILVA em 14/09/2013 08:39:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions