ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 19º

Jogo Aberto

Bernal volta no tempo com carteirinha

Por Edivaldo Bitencourt | 14/09/2013 07:00

Menina má – Assessoria da prefeitura anda atenta às entrevistas de jornalistas na Câmara Municipal. Ao ouvir agente comunitária de saúde falar mal do prefeito Alcides Bernal (PP), “cupincha” chegou e foi avisando que funcionária deveria tomar cuidado com o andava falando.

Carinha de anjo – A assessora não ficou contente com o alerta e ainda provocou a repórter. Pegando nas bochechas da repórter, a funcionária “exemplar de Bernal” foi avisando que a jornalista só “tinha carinha de anjo”.

Nem tudo está perdido – A Prefeitura da Capital deu resposta rápida ontem à denúncia de que faltou carne e verdura em uma creche. Ao contrário de outras épocas, quando a assessoria esbraveja da campanha contra o prefeito, uma equipe foi ao local conferir como estava a alimentação destinada às 200 crianças. E ainda postou no site do município a versão de que a denúncia “era de gente de má”. A dispensa estava e sempre esteve cheia, segundo a diretora.

Encontro – O governador André Puccinelli (PMDB) encontrou-se, em Costa Rica, com dois prováveis adversários do seu partido nas eleições de 2014. Apesar do clima de disputa já estar começando, ele conversou e riu com o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e com o senador Delcídio do Amaral (PT).

Inimigo número um – A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria Oliveira, faz pouco caso do movimento pelo seu afastamento. Além de minimizar a “primavera da UFMS”, ela escolheu o deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT) como inimigo número um. Tudo que acontece na instituição, ela trata de acusar que é manobra do deputado federal.

Eliminados – Os famosos e parentes de poderosos não foram felizes no concurso do Tribunal de Contas do Estado. O sobrenome famoso ou a fama não foram suficientes para garantir a aprovação na primeira fase do concurso.

A mina de ouro – Outra “mina de ouro” deve ser os cargos de chefe de cartórios, que vão ser alvo de concurso organizado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Das 171 serventias, 74 estão vagas e podem ser preenchidas por meio de seleção pública. Agora, só falta saber se liminares judiciais vão liberar as mais rentáveis na Capital.

Mudança - Bernal vem promovendo a mudança na cor dos públicos municipais, como postos de saúde, escolas e outros prédios. Agora, tudo está sendo "reformado" para ser adaptado ao novo estilo da atual administração. O azul substitui o laranja do antecessor.

Carteirinha – A gestão do prefeito Alcides Bernal voltou, literalmente, no tempo ao trocar o cartão por uma carteirinha de papel. A troca ocorreu no IMPCG (Instituto Municipal de Previdência Social), como atesta a foto publicada abaixo. O caso deixou muito funcionário público indignado, enquanto o mundo caminha para o cartão, Bernal volta a utilizar o tradicional papel.

 (colaborou Jéssica Benitez)

Agora, servidor usa carteirinha de papel, que substitui cartão
Agora, servidor usa carteirinha de papel, que substitui cartão
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário