A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/08/2011 06:00

Bloco do eu sozinho

Jogo Aberto

Fora de combate

O governador André Puccinelli afirmou, a propósito da entrevista do ex-governador Zeca do PT ao Campo Grande News condenando aproximação com o PMDB, que eventual composição com os petistas nas eleições municipais de 2012 independe da vontade do seu arquirrival. “O Zeca não representa o PT, é o que eu ouço falar lá”, disse André.

Realidade

Apesar dos rumores que chegam aos ouvidos do governador, no entanto, o grupo de Zeca do PT não parece tão esfacelado, embora tenha enfraquecido depois que perdeu o governo. De todas as lideranças petistas, Zeca é o que ainda aglutina maior número de lideranças, mais até os que hoje detêm mandato.

Trânsito livre

Zeca do PT esteve em Brasília há pouco tempo e transitou com a mesma desenvoltura com que percorria os corredores palacianos no período de governo Lula

Estrela solitária

Sobre outra liderança petista em Mato Grosso do Sul, o senador Delcídio do Amaral, André fez comentário lacônico: “É mais afável e com mais possibilidade de diálogo”.

Cooperativismo

Correntes internas do PT comandadas por lideres como o ex-governador Zeca, e os deputados estaduais Paulo Duarte e Pedro Kemp, vão jogar pesado para controlar secretarias do partido. A intenção é não deixar a legenda nas mãos do senador Delcídio Amaral.

Candidato ao governo do Estado em 2014, Delcidio não vai ter paz para comandar o processo eleitoral. Além de eventuais aliados, o senador vai ter que rezar a cartilha dos seus partidários, que querem dividir com ele o poder que vier a ser conquistado com a chancela do PT.

Pedreira

Perguntado ontem por um repórter se mantinha o hábito de dirigir o Uno vermelho, que marcou o período em que foi prefeito, o governador André Puccinelli disse, em tom de brincadeira, que naquela época dirigia o Fiat para não estragar o carro da família, já que as ruas na periferia da Capital tinham muitos buracos.

Sabatina

O novo diretor-superintendente da Sudeco, Marcelo Dourado, será questionado na próxima sexta-feira na Assembleia Legislativa, em audiência pública proposta pelo deputado Junior Mochi (PMDB), sobre o plano de investimentos em Mato Grosso do Sul. Marcelo Dourados, como se sabe, faz parte da cota da bancada do Distrito Federal.

Lado a lado

Gradativamente o prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB), vai agregando as forças políticas em torno de sua administração. No último fim de semana ele visitou obras ao lado do deputado Geraldo Resende (PMDB), que até então cumpria agenda separada como “pai” de 17 obras em execução na cidade.

Seminário

O Banco do Brasil, junto com o Ministério da Previdência Social e ADIMP – Associação dos Institutos Municipais de Previdência de Mato Grosso do Sul, realizam durante três dias, a partir de hoje, Seminário de Aperfeiçoamento e Capacitação de Gestores e Servidores para os institutos de previdência de Mato Grosso do Sul. O evento acontecerá no auditório da Famasul.

Cooperação

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, se reuniu nesta segunda-feira com uma delegação de empresários chineses interessados em investir na área de telecomunicações no Brasil, com vistas a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Fôlego

O prefeito Nelsinho Trad segue em ritmo frenético para cumprir a agenda de aniversário da Capital e as reuniões de esclarecimentos sobre as transformações da cidade, tanto na área urbana quanto na economia. Ontem à noite o prefeito Nelsinho se reuniu com os comerciantes do Shopping Campo Grande.

Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...
Reinaldo diz que ação contra o crime não pode ser só no RJ
Mal gerido – Neste ano, o Ministério da Justiça e Segurança Pública gastou R$ 185,77 milhões do FNSP (Fundo Nacional de Segurança Pública), conforme ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions