ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 19º

Jogo Aberto

Caixa planeja abrir mais 7 agências em MS

Por Marta Ferreira | 24/05/2021 06:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Pedro Guimarães, presidente da Caixa, anunciou planos. (Foto: Divulgação)
Pedro Guimarães, presidente da Caixa, anunciou planos. (Foto: Divulgação)

Ampliação - A Caixa abrirá 130 unidades em todo o país até o fim do ano. Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães. Ao todo, 79 unidades para atendimento ao público e 51 unidades especializadas em agronegócio começarão a funcionar em 128 municípios.

Aqui também - No Centro-Oeste, a Caixa abrirá 20 unidades. Dessas, 7 são em Mato Grosso do Sul. As outras são em Mato Grosso (7), Goiás (5) e Distrito Federal (1).

“Indigestão”- Declaração do economista Eduardo Moreira sobre a situação dos indígenas em Dourados causou furor, mas não solidariedade. “Lá eu passei uma semana e as pessoas comem resto de comida, elas moram em lugares sem água, sem esgoto, sem rede elétrica”, disse, no canal da jornalista Leda Nagle.

Não gostaram - A reação foi imediata, de gente da região questionando e ofendendo o “visitante”. Eduardo relatou a miséria bem conhecida dos guaranis, que na entrevista foram citados pelo que são: pessoas.

Ataques – O economista foi ameaçado nas redes sociais. As declarações também foram duramente criticada pelo deputado estadual Marçal Filho, que classificou as declarações como levianas.

Defesa - “Uma cidade em que economia tem como destaque a agricultura, a pecuária e a indústria de alimentos, o que escancara um cenário completamente contrário ao descrito pelo empresário em suas declarações claramente discriminatórias”, afirmou o parlamentar.

Resposta – Depois das declarações de Marçal, o economista pontuou. “Para que fique claro, que nas regiões ricas de Dourados ninguém come restos de comida”.

Solicitação - Depois de ficar uma tarde toda on-line, por vídeo, para audiência ouvindo testemunhas de outros réus, Fahd Jamil pediu, por meio da defesa, para ser liberado de sessão marcada para hoje em processo pelo homicídio de Ilson Martins Figueiredo. Ele é acusado de ser o mentor do crime.

Desnecessário A audiência de hoje para ouvir o miliciano do Rio de Janeiro Toni Angelo, testemunha de Jamil Name Filho na ação. Conforme o pedido feito pelos advogados de Fahd, é contraproducente que ele seja obrigado a acompanhar, até por não ter condições de saúde para isso. A argumentação é que apenas os representantes legais participem. Não houve apreciação ainda.

Nudes – O título inédito do Costa Rica teve daqueles flagrantes típicos de vestiários de jogadores, só que ao vivo, na internet. Durante transmissão de live, um dos campeões surgiu nu. A imagem durou pouco tempo, mas quem printou...

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário