ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Câmara diz que recesso não é férias, menos para vereadores

Por Nyelder Rodrigues e Gabriela Couto | 23/07/2021 06:00
Banho de lama do vereador Tiago Vargas, em mangue na Bahia, onde comemora seu aniversário de 33 anos (Foto: Reprodução/Instagram)
Banho de lama do vereador Tiago Vargas, em mangue na Bahia, onde comemora seu aniversário de 33 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Mas já? - Eles pregam ideologias opostas, mas tem algo em comum: 7 meses de Câmara Municipal e já estão de férias, aproveitando o recesso parlamentar. Até aí, Camila Jara (PT) e Tiago Vargas (PSD) não cometeram nenhuma ilegalidade, porém, tudo vai contra a campanha feita pela própria Casa de Leis e lançada nas redes sociais.

Não pode, mas pode - A tentativa de "conscientização" de que o recesso parlamentar não são férias foi ao ar como um divertido vídeo que, segundo a mesma assessoria que o produziu, esqueceu de avisar que o dispositivo é válido apenas para servidores administrativos. Vereadores e gabinetes estão liberados.

De plantão - A sessões na Câmara Municipal só retornam às 9h do dia 3 de agosto, quando aí sim todos devem estar presentes em plenário para legislar e não levar falta no trabalho. Enquanto isso, apenas uma comissão de sete vereadores segue ativa, assim como o administrativo - que funciona das 8h às 12h.

e-Campanha - O sul-mato-grossense Luiz Henrique Mandetta já começa a reunir sua militância virtual para promover sua pré-candidatura à presidência. Grupos de WhatsApp com "mandettistas" estão se formando, inclusive com regras interessantes como "não arrumar confusão na trincheira" e o dever de desconstruir fakes.

Vai lançar - A iminente saída da ministra Tereza Cristina do DEM reforça a tese dela ser um dos braços fortes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de que a sigla advinda do antigo PFL vai mesmo buscar sua candidatura própria.

Auxílio - Por 78,8 mil, o Governo do Estado escolheu a FPS Informática para prestar consultoria referente ao desenvolvimento do novo Portal da Transparência. A contratação foi publicada em Diário Oficial é válida de junho a outubro.

Homenagens - Outro órgão público que publicou recente contratação foi a Câmara de Campo Grande, que vai pagar R$ 74,4 mil por seis meses de prestação de serviços de confecção de medalhas de honra, caixa em courino, pastas de certificado e placas comemorativos para as sessões solenes, conforme houver demanda da Casa.

Livro aberto - Ativista da causa animal, Lígida Santos fez apelo pelo WhatsApp para que o poder público auxilie os voluntários no acolhimento dos bichinhos em dificuldades. Contudo, ela divulgou uma lista de telefones, entre eles o do prefeito Marquinhos Trad (PSD). "Se nada disto funcionar, envie direto".

Sortudos - A prefeitura de Campo Grande entregou ontem (22) R$ 70 mil em prêmios na quinta rodada do Nota Premiada Campo Grande deste ano. O primeiro lugar levou R$ 50 mil, enquanto o segundo ficou com R$ 15 mil e o terceiro com R$ 5 mil.

Chances - Para concorrer, é preciso que o consumidor peça o CPF na nota quando contratar qualquer serviço por prestadores na cidade. A iniciativa, assim como o Nota Premiada estadual, visa controlar a evasão fiscal e melhorar a arrecadação de tributos, usados pela prefeitura na manutenção do município e investimentos diversos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário