A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/07/2014 06:00

Candidatos a governador fazem guerra por seguidores

Edivaldo Bitencourt

Difícil – Candidato a senador pelo PSD, empresário e dono do jornal Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, está com dificuldade de manter a chapa. Dois candidatos a suplente desistiram na última hora e o obrigaram a recorrer a um novo nome.

Suplente – Nesta semana, Antônio João ficou sem o segundo suplente e foi socorrido pelo PSDB, que indiciou Maria Lúcia Cintra para a vaga. O titular, Mohamad Abder Rahman Abdallah, desistiu de continuar ao lado do candidato titular.

Importante – O segundo suplente as vezes da sorte. É o caso de Ruben Figueiró (PSDB), que de segundo "reserva" de Marisa Serrano, virou senador. Ela foi eleita conselheira do Tribunal de Contas e o primeiro suplente, Antônio Russo (PR), está de licença médica.

Ficha suja – Alguns candidatos decidiram renunciar para evitar enfrentar a Justiça Eleitoral e correr o risco de serem excluídos. Luiz Carlos Bonelli, que foi superintendente do Incra, é um dos que preferiu fugir do julgamento.

Sem chance – O ex-vereador Clemêncio Ribeiro decidiu não se arriscar nas eleições deste ano. Depois de passar por vários partidos, (o último foi o PP, do prefeito cassado Alcides Bernal) renunciou a candidatura a deputado estadual.

Adiado – O Tribunal Regional Eleitoral recuou e decidiu retirar da pauta de ontem o julgamento da candidatura a senador de Alcides Bernal (PP). Com três pedidos de impugnação, o prefeito cassado ganha sobrevida para continuar na disputa deste ano.

Sem whats – Os candidatos devem ficar atentos às novas tecnologias nas eleições deste ano. Enviar mensagem pelo aplicativo WhatsApp sem o consentimento do eleitor pode gerar multa de R$ 100. O valor será cobrado por cada irregularidade cometida.

Facebook – Os candidatos a governador de Mato Grosso do Sul travam uma verdadeira guerra virtual nas mídias sociais. A luta é grande nos bastidores. Por enquanto, o líder em número de seguidores é Delcídio do Amaral (PT), com 70,9 mil.

Facebook 2 – O candidato do PMDB, Nelson Trad Filho, conta com 36.346 fãs até ontem à tarde. O tucano Reinaldo Azambuja estava em terceiro, com 20.983. O quarto colocado foi o candidato do PP, Evander Vendramini, com apenas 853 seguidores.

Só amigos – O candidato do PSOL, professor Sidney Melo, não fez fanpage. Também não é necessário, já que são pouco mais de mil amigos no Facebook. O limite de amizades na rede social é de 5 mil pessoas.

(colaborou Ludyney Moura)

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions