ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Casa do maior defensor, HRMS não vai adotar “kit prevenção”

Por Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha | 09/07/2020 06:00
Sandro Benites, médico defensor de medicamentos como a hidroxicloroquina e ivermectina para prevenir fases graves da covid-19, fala sobre a a profilaxia em vídeo no Facebook (Foto: Reprodução)
Sandro Benites, médico defensor de medicamentos como a hidroxicloroquina e ivermectina para prevenir fases graves da covid-19, fala sobre a a profilaxia em vídeo no Facebook (Foto: Reprodução)

Sem profilaxia – Casa do médico Sandro Benites, que levantou a bandeira do tratamento precoce para a covid-19 e conseguiu o apoio de mais de 200 outros profissionais para convencer o prefeito Marquinhos Trad a adotar do “kit prevenção”, o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) não vai instituir protocolo de profilaxia para funcionários.

“Uma arte” – Para anunciar a decisão, a diretora-presidente da unidade hospitalar, Rosana Melo, explicou que “não instituirá protocolos obrigatórios e que vai respeitar os princípios bioéticos da autonomia”. Na carta destinada ao corpo clínico, ela citou Hipócrates: “Medicina é arte e ciência”.

Divididos – De acordo com o HRMS, enquete foi feita com os médicos. Dos 432 profissionais do hospital, votaram 106. Cinquenta médicos (47,17%) foram a favor da implantação da profilaxia, e 56 (52,83%) contra a implementação. “Este resultado mostrou que é um tema com muitas dúvidas. Praticamente empate técnico”, também justificou a diretora sobre a decisão.

Novo cenário – O prefeito Marquinhos Trad estreou novo cenário na live de ontem. A mudança de local teve só um probleminha. O áudio falhou várias vezes foi motivo de protestos dos espectadores.

Piada – O enredo criado por estelionatário para convencer vítima e roubar contas de WhatsApp arrancou risos nas redes sociais. Nesta quarta-feira, a história de golpista era que o prefeito da Capital estava organizando festa pós-pandemia e que código para participar do evento seria enviado via SMS.

Sugestão - “Acho a ideia boa, mesmo que não seja verdadeira”, comentou uma internauta no post da matéria alertando sobre o golpe.

Afastamento - O presidente da Assembleia, o deputado Paulo Corrêa (PSDB) anunciou nas redes sociais o seu afastamento das atividades presenciais no Legislativo por estar com sintomas de coronavírus. Ele disse que espera resultado de exame e que assim que tiver alta volta as suas atividades.

Torcida - Durante a sessão na Assembleia presidida por Eduardo Rocha (MDB), ele e outros deputados disseram estar na torcida pela recuperação de Corrêa e que para que seu exame seja negativo.

No STF – A defesa do jornalista Oswaldo Eustáquio, investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por atos antidemocráticos e que foi preso em Campo Grande, recorreu da decisão que o impede de usar as redes sociais.

Discordamos – No Twitter, o advogado de Eustáquio, Elias Mattar Assad, afirmou: “demonstraremos que, mesmo não concordando com seu estilo de jornalismos, existem cláusulas constitucionais e tratados internacionais que não podem ser violados pelo STF”. A restrição, já havia argumentado a defesa, prejudica o direito do blogueiro bolsonarista ao “livre exercício da profissão”.