A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/11/2013 06:00

Cidade do Natal do Bernal começa dia 12

Edivaldo Bitencourt

Campo alheio – A vereadora Juliana Zorzo (PSC) anda preocupada com o conflito entre índios e produtores rurais. Apesar de não existir nenhuma área invadida na Capital, ela propôs, ontem, uma audiência pública para discutir a disputa por terras no interior do Estado.

Férias – O desembargador João Maria Lós foi nomeado relator do imbróglio envolvendo os colegas Luiz Tadeu Barbosa Silva e Hidelbrando Coelho Neto. Como ele só volta na segunda-feira, a decisão final sobre a suspensão ou não da Comissão Processante não deve sair antes.

Péssima notícia – A viagem de Lós deve manter o suspense até a última hora sobre o depoimento ou não do prefeito Alcides Bernal à Comissão Processante. Se não conseguir derrubar o processo, ele vai ser obrigado a comparecer e se explicar diante dos vereadores, pela primeira vez, desde que começaram as denúncias de várias irregularidades.

PSDB – Os tucanos devem abordar hoje, pela primeira vez, a polêmica aliança com o PT em Mato Grosso do Sul. A cúpula do partido estará em Goiânia (GO) para discutir as particularidades regionais e deve abordar a parceria que causa arrepios nos atuais aliados, como o PMDB.

Farsa – O vereador Zeca do PT não gostou do caos na saúde apresentado por um médico, Renato Figueiredo, ontem de manhã na Câmara Municipal. “Chega dessa farsa”, criticou o petista, que não vem ouvindo as reclamações da população sobre os problemas de saúde na rede pública.

Tempo – Os vereadores aliados do prefeito Alcides Bernal ficaram revoltados com o encurtamento da sessão da Câmara Municipal, que terminou, pontualmente, às 12h10 de ontem. Zeca do PT, Alex do PT, Luiza Ribeiro (PPS) e Gilmar da Cruz (PRB) esqueceram de pedir a prorrogação da sessão, como acontece todo dia, 15 minutos antes do término.

Duvidosa – O prefeito Alcides Bernal não acreditou na queda da liminar favorável na madrugada de ontem. Ao ouvir o repórter de que nova decisão mantinha o processo de cassação, o chefe do Executivo ficou surpreso e disse que não tinha sido comunicado. Ele chegou a duvidar da informação.

No corredor polonês – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, foi duramente pressionado pela bancada federal, pelos produtores rurais e pelo governador André Puccinelli (PMDB). Eles insistiram que estão cansados de ouvir medidas paliativas e cobraram uma solução definitiva par ao conflito entre produtores e índios. Cardozo viu que não tinha saída e prometeu meter a mão no bolso da União para comprar as terras em Mato Grosso do Sul.

Cidade do Bernal – A primeira programação da Cidade do Natal, no estilo Bernal, começa, oficialmente, no dia 12 de dezembro deste ano. A principal novidade será a substituição da Casa do Papai Noel por uma “casa de brinquedos”. A programação está praticamente definida pela Fundac (Fundação Municipal de Cultura).

Silêncio e invisível – A campanha eleitoral de 2014 promete ser ainda mais silenciosa. Conforme a mini reforma aprovada no Senado, estão proibidos cavaletes, cartazes e até pintar muros para divulgar os candidatos a deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente.

(colaboraram Marcos Ermínio, Kleber Clajus e Zemil Rocha)

 

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions