A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


31/10/2015 07:00

Crise continua, mas Bernal eleva salários em diários extras

Edivaldo Bitencourt

Extra – A Prefeitura de Campo Grande voltou a publicar os diários oficiais no período da manhã. No entanto, o prefeito Alcides Bernal (PP), para não perder o costume, passou a publicar edições extras no período da tarde e início da noite.
Na contramão – Bernal aproveitou as edições extras para nomear alguns cargos comissionados. No entanto, o artifício tem sido usado para elevar as gratificações pagas aos cargos de confiança, de 60% para até 100%.

Crise – Apesar do aumento de salário dos comissionados, Bernal não deve pagar em dia os salários dos funcionários públicos. A folha de outubro deve ser paga de forma escalonada, o mesmo artifício adotado por Gilmar Olarte (PP) com os salários de julho.

Frustração – O cancelamento da visita da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), frustrou muita gente em Três Lagoas. Ela desistiu da viagem após a mãe passar mal em Brasília. Dilma Jane Rousseff tem 91 anos e reside com a petista no Palácio do Planalto.

Dividido – O Movimento Pátria Livre está dividido em Mato Grosso do Sul. O motivo do cancelamento do ato em Três Lagoas dividiu os coordenadores. Nem todo mundo concorda com a tese de que faltou dinheiro para ir até a cidade localizada na divisa com São Paulo.

Rápido – A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, que veio representar Dilma no lançamento da pedra fundamental da ampliação da Fibria, estava com pressa. Ele permitiu apenas três perguntas durante entrevista coletiva. A ministra justificou que estava com o nervo ciático atacado e tinha médico agendado em Brasília.

Nos abraços – Após concluir o discurso na Fibria, a ministra Kátia Abreu, em meio aos aplausos, cumprimentou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ao se dirigir a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, ela foi surpreendida pela prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura (PMDB), que se antecipou e abraçou a ministra primeiro.

Cada buraco, um flash – O prefeito Alcides Bernal transformou a operação tapa buraco em uma grande ação do município. A cada nova avenida, que a única equipe disponível inicia os trabalhos, ele aparece e pousa para as câmeras para anunciar a boa ação.

Demanda – O único problema é que uma equipe é insuficiente para acabar com os problemas do campo-grandense. As ruas e avenidas da Capital foram tomadas por buracos. Na Avenida Lúdio Martins Coelho, motoristas temem ser engolidos por uma cratera que afundou duas das três faixas da via.

Músico – O governador Reinaldo Azambuja cantou ao lado da dupla Tostão e Guarani uma música clássica de Tião Carreiro. Durante evento alusivo ao dia do Servidor Público no Palácio Popular da Cultura, ele começou de forma tímida e só soltou após uma funcionária do cerimonial ajudar. E acabou sendo aplaudido pelos presentes.

(colaboraram Michel Faustino e Renata Volpe Haddad)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions