A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/10/2018 06:00

Dagoberto mente, diz liderança do PDT

Anahi Zurutuza

É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do juiz Odilon de Oliveira deram pano para manga. Wendel Pinheiro, integrante do diretório nacional do partido, fez textão no Facebook comentando declarações dadas pelo parlamentar ao Campo Grande News. “Ele falta com a verdade”, afirmou a liderança pedetista.

Apoio – Wendel Pinheiro afirma ser mentira que PDT liberou os candidatos a apoiarem qualquer um dos presidenciáveis. “A posição oficial da Executiva Nacional do PDT é de apoio crítico ao Fernando Haddad (PT)”, escreveu no post. Odilon declarou estar com Jair Bolsonaro (PSL).

Resposta – O pedetista ainda respondeu a afirmação de Dagoberto de que os pedidos de expulsão foram feitos por pessoas que não tem o que fazer. “Dagoberto, meu interesse é um só: defender o trabalhismo e combater o neofascismo e o autoritarismo que golpeou em 1964 Jango e exilou Leonel Brizola”, postou.

Reacionário – Wendel, que é do PDT do Rio Grande do Sul, também faz críticas diretas a Odilon, o classificando com o reacionário. “Quem está prejudicando a campanha do Odilon é o próprio ao apoiar um notório apologista do neofascismo como Jair Bolsonaro”.

Desprezo – O deputado, por sua vez, disse que despreza a opinião do integrante do diretório. “Não dou nem bola, nunca ouvi falar dele, não sei nem quem ele é”.

#Elenão – Reeleito para a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) se misturou aos manifestantes de ato contra Bolsonaro neste sábado (20). O parlamentar não fez discurso, só caminhou com os participantes do protesto pela Orla Morena.

No passinho - Similar aos vídeos que circulam na internet, parte dos eleitores do Bolsonaro que se reuniram nos altos da Afonso Pena, neste domingo, dançaram no ritmo do trio elétrico, com direito a coreografia e tudo.

Trânsito “livre” - Mesmo com a presença da Polícia Militar, Cavalaria e Batalhão de Choque diversos eleitores gritava apoio ao candidato em carrocerias de caminhonetes ou sentados sob a janela de seus veículos.

Sol escaldante – Famílias inteiras enfrentaram sol e temperaturas que oscilaram entre os 32°C e 35ºC, segundo medição do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Muitos ambulantes aproveitaram para a venda de muita água mineral.

(Com Marta Ferreira e Danielle Valentim)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions