A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/08/2016 06:00

De bicicleta a aliados, campanha tem suas diferenças

Waldemar Gonçalves

Bandeira branca – Depois de uma saraivada de ataques principalmente durante a campanha eleitoral de 2014, Antonio João parece ter feito as pazes com o ex-senador Delcídio do Amaral. “Tenho certeza de que saímos felizes”, disse o empresário ontem em postagem no Facebook em que, entre outras coisas, conta ter se encontrado durante três horas e meia com o ex-petista na segunda-feira (8).

Sem pauladas – A conversa de ambos deixou no passado as ‘pauladas’ em Delcídio publicadas no jornal de Antonio João. “Não olhamos para trás. Para frente e avante”, escreveu, antes de defender o ex-senador: “Fosse meu ex-amigo ladrão, teria evitado esse encontro”.

Convivência amiga – Antonio João justifica-se sobre as críticas anteriores a Delcídio. “Mas eu sempre disse que Delcídio do Amaral cometeu graves erros políticos. Mas nunca presenciei, nos mais de dez anos de convivência amiga, qualquer movimentação voltada para a ladroagem”.

Arquivado – O Ministério Público Estadual arquivou um inquérito civil que apurava eventual superfaturamento de licitações do Executivo Estadual para favorecer a gráfica Alvorada, a mesma que aparece nas investigações da Lama Asfáltica. A decisão saiu no Diário Oficial da instituição, de ontem.

Para o Federal – O MPE verificou, após as investigações, que já existiam diversos procedimentos no MPF (Ministério Público Federal) sobre fatos semelhantes. Por isso, resolveu enviar o que tinha à Procuradoria da República, como forma de evitar “decisões conflituosas”. A medida ainda prevê o envio de informações probatórias de ilegalidades cíveis e penais.

Diferenças na campanha – Ontem, Suél Ferranti (PSTU) e Rose Modesto (PSDB) registraram suas candidaturas à Prefeitura de Campo Grande. A ida de ambos – primeiro ele, depois ela – à Justiça Eleitoral trouxe à luz aspectos pitorescos sobre as diferenças de suas respectivas campanhas.

Bicicleta – Suél, por exemplo, chegou ao TRE junto da candidata a vice, Adryelle de Paula, e outros dois correligionários. Falou o quanto gastará na campanha: R$ 16 mil, arrecadados junto aos filiados. “Não vou vender minha bicicleta, que inclusive está registrada na Justiça Eleitoral como patrimônio, para reverter à campanha”, detalhou. Sua chapa de vereadores tem apenas um candidato.

Rodeada – Rose chegou com o vice, Claudio Mendonça, cercada de assessores e acompanhada de três secretários estaduais. A tucana evitou falar sobre valores – do próprio patrimônio e o de custo de campanha – e ressaltou que estes dados são públicos, podendo ser consultados via Justiça Eleitoral. No seu grupo de aliados concorrem à vereança 144 nomes.

Bom para todo mundo – O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), conseguiu agradar gregos e troianos ao manter o expediente normal na casa durante a campanha, mas avisar os deputados que cabe a cada um definir o horário – de 6 ou 8 horas – aos seus assessores.

Decepcionado – O deputado estadual Pedro Kemp (PT) disse ter ficado decepcionado com os senadores de Mato Grosso do Sul, que votaram pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT). Ela ajudou muito o Estado durante sua gestão, relembrou o petista. Segundo ele, a presidente afastada recorrerá a tribunais internacionais diante de uma praticamente certa cassação de mandato.

(com Leonardo Rocha, Mayara Bueno e Ricardo Campos Jr.)

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions