A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/05/2013 07:09

Deputada contra a carambola

Ângela Kempfer

Maca refém - O Posto de Saúde do bairro Guanandi está uma tranquilidade só, segundo os bombeiros. Como não há macas por lá, as unidades de resgate nem levam pacientes para o local. O medo é que as macas sejam retidas e as viaturas fiquem sem ter como fazer o socorro.

Carambolas - A deputada Dione Hashioka (PSDB) resolveu atacar a “carambola”. Ela apresentou projeto de lei para obrigar bares, restaurantes, lanchonetes e casas de sucos a afixarem cartaz alertando sobre os riscos da fruta para pessoas com doenças renais crônicas.

Fala doutor - Ela deve ter seus motivos para tamanha preocupação e na justificativa dá uma aula sobre a “vilã”, que “pode matar”. “Os sintomas de intoxicação incluem soluços persistentes, náuseas, vômitos, agitação, insônia, confusão mental e convulsões que ocorrem dentro de uma a cinco horas depois de ingerir a fruta”.

Amigos para sempre - Em solenidade ontem, o líder do prefeito, Marcos Alex (PT), chegou atrasado e acabou sentando longe da mesa de autoridades. Mesmo assim, foi lembrado em alto e bom som por Alcides Bernal, que não poupou elogios ao parceiro.

Ele não para - E mesmo quando tudo está quieto, Bernal arruma um motivo para atiçar os inimigos. Foi ver Alex chegando para trazer de novo à tona mais uma hipótese de conspiração. “E o Triângulo das Bermudas?”, perguntou Bernal a Marcos Alex.

Complô - O vereador respondeu com um “Deus me livre”. Não satisfeito, Bernal continuou com a conversa em público. “Deus não quer, a população não quer, mas tem gente que quer”, falando sobre “perseguições” que diz estar enfrentando.

Reprise - Essa história de Triângulo das Bermudas já deu muito pano para a manga, quando o próprio prefeito saiu por aí dizendo que era alvo de um complô formado por Ministério Público, TCE e Câmara. Até ameaça de processo ele levou do presidente do Tribunal de Contas, Cícero de Souza.

Tá difícil - Para quem acompanha o prefeito por eventos na cidade, fica difícil falar de outro assunto que não seja a tal conspiração. Ele proibiu shows no Jóquei, por exemplo, e passou a sexta-feira inteira dizendo que isso era manobra da oposição para derrubá-lo. A lógica ninguém entende.

Sem graça - Ação exemplar de policiais militares ontem em Fátima do Sul. Três rapazes que passavam de carro pela rodovia atiraram uma botina contra um grupo de ciclistas e um dos atletas acabou com ferimentos graves depois da queda. Após o acidente, A PM abordou o veículo dos responsáveis e os engraçadinhos acabaram na delegacia.

Mau exemplo - Três meses depois de inaugurada, a agência do INSS de Dourados vai passar por uma reforma. É que há todos os motivos para os portadores de deficiência e aposentados reclamarem. Não há rampa e o meio-fio é quase o dobro do recomendado. Para piorar, não há qualquer vaga obrigatória para idosos ou cadeirantes.

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions