A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/05/2013 07:09

Deputada contra a carambola

Ângela Kempfer

Maca refém - O Posto de Saúde do bairro Guanandi está uma tranquilidade só, segundo os bombeiros. Como não há macas por lá, as unidades de resgate nem levam pacientes para o local. O medo é que as macas sejam retidas e as viaturas fiquem sem ter como fazer o socorro.

Carambolas - A deputada Dione Hashioka (PSDB) resolveu atacar a “carambola”. Ela apresentou projeto de lei para obrigar bares, restaurantes, lanchonetes e casas de sucos a afixarem cartaz alertando sobre os riscos da fruta para pessoas com doenças renais crônicas.

Fala doutor - Ela deve ter seus motivos para tamanha preocupação e na justificativa dá uma aula sobre a “vilã”, que “pode matar”. “Os sintomas de intoxicação incluem soluços persistentes, náuseas, vômitos, agitação, insônia, confusão mental e convulsões que ocorrem dentro de uma a cinco horas depois de ingerir a fruta”.

Amigos para sempre - Em solenidade ontem, o líder do prefeito, Marcos Alex (PT), chegou atrasado e acabou sentando longe da mesa de autoridades. Mesmo assim, foi lembrado em alto e bom som por Alcides Bernal, que não poupou elogios ao parceiro.

Ele não para - E mesmo quando tudo está quieto, Bernal arruma um motivo para atiçar os inimigos. Foi ver Alex chegando para trazer de novo à tona mais uma hipótese de conspiração. “E o Triângulo das Bermudas?”, perguntou Bernal a Marcos Alex.

Complô - O vereador respondeu com um “Deus me livre”. Não satisfeito, Bernal continuou com a conversa em público. “Deus não quer, a população não quer, mas tem gente que quer”, falando sobre “perseguições” que diz estar enfrentando.

Reprise - Essa história de Triângulo das Bermudas já deu muito pano para a manga, quando o próprio prefeito saiu por aí dizendo que era alvo de um complô formado por Ministério Público, TCE e Câmara. Até ameaça de processo ele levou do presidente do Tribunal de Contas, Cícero de Souza.

Tá difícil - Para quem acompanha o prefeito por eventos na cidade, fica difícil falar de outro assunto que não seja a tal conspiração. Ele proibiu shows no Jóquei, por exemplo, e passou a sexta-feira inteira dizendo que isso era manobra da oposição para derrubá-lo. A lógica ninguém entende.

Sem graça - Ação exemplar de policiais militares ontem em Fátima do Sul. Três rapazes que passavam de carro pela rodovia atiraram uma botina contra um grupo de ciclistas e um dos atletas acabou com ferimentos graves depois da queda. Após o acidente, A PM abordou o veículo dos responsáveis e os engraçadinhos acabaram na delegacia.

Mau exemplo - Três meses depois de inaugurada, a agência do INSS de Dourados vai passar por uma reforma. É que há todos os motivos para os portadores de deficiência e aposentados reclamarem. Não há rampa e o meio-fio é quase o dobro do recomendado. Para piorar, não há qualquer vaga obrigatória para idosos ou cadeirantes.

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions