ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Desagravo de advogados contra juiz demora 6 meses

Por Caroline Maldonado, Gabriela Couto e Anahi Zurutuza | 02/12/2023 07:00
Grupo de advogados em frente ao Fórum de Campo Grande. (Foto: Reprodução)
Grupo de advogados em frente ao Fórum de Campo Grande. (Foto: Reprodução)

Demorou – Seis meses após episódio no plenário do Tribunal de Júri de Campo Grande, advogados foram para a frente do Fórum na tarde de sexta-feira (1º) para a leitura de desagravo contra a atitude do juiz Carlos Alberto Garcete, que no dia 19 de maio, expulsou defensores de audiência. Fazia parte da “tropa de choque” em favor de Willer Almeida e Pablo Gusmão, o advogado Luiz Renê Gonçalves do Amaral, defensor de Marcelo Rios no júri "histórico" que condenou o cliente dele e Jamil Name Filho por homicídio. Ele é secretário-geral da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul).

Destempero – Ao lado do presidente da Ordem, Luiz Renê leu a nota de repúdio da categoria que classificou a atitude do magistrado como destempero. “De modo destemperado, desproporcional e agressivo, tiveram vilipendiado o exercício profissional”, disse, referindo-se a Willer e Pablo que foram retirados do Tribunal do Júri depois que o primeiro ofereceu água a uma testemunha e bateu-boca ao ser advertido pelo juiz a se ater às obrigações como advogado.

Posse - Na próxima terça-feira (5) será realizada a cerimônia de posse da senadora Soraya Thronicke como presidente estadual do Podemos em Mato Grosso do Sul. O evento vai contar com a participação do governador Eduardo Riedel (PSDB) e da deputada Renata Abreu, presidente do Podemos Nacional. A cerimônia está prevista para as 10h30, no auditório do Novotel, em Campo Grande.

Calor - Cada vez mais, as pessoas imploram por ar-condicionado nos espaços onde são oferecidos serviços públicos. Mesmo sem esperanças, os campo-grandenses fazem questão de lembrar que falta esse item em ônibus e escolas. Desta vez, até mesmo ao elogiar a reforma e o atendimento da atual gestão da UBSF da Vila Nasser, uma moradora colocou um “mas” na conversa e desabafou que ventilador novo não basta. “Se tem ar-condicionado na sala do médico, por que não tem para gente aqui na espera? Só o médico que é gente?”, disse Lucídia Ávalo Leite, de 66 anos, durante a entrega da obra de acessibilidade e reforma, na sexta-feira (1º).

Médico destaque - A satisfação maior da moradora do bairro é com o atendimento da unidade, que, na opinião dela, melhorou quando a gestão do posto mudou, recentemente. O destaque é para um médico venezuelano. “Ele é maravilhoso”, segundo Lucídia, ao ser questionada sobre a reforma. Para ela, o atendimento e a pontualidade dos médicos vêm primeiro no grau de importância.

Bem na foto – Enquanto no Brasil quase 30% das prefeituras informaram que devem atrasar o pagamento do 13º, a Confederação Nacional de Municípios coloca Mato Grosso do Sul entre os quatro estados com menor índice. Segundo a CNM, 1.969 prefeituras brasileiras enfrentam problemas financeiros. A pior situação em relação ao 13º é no Acre (71,4%), depois vem o Maranhão (72,6%), Pernambuco (69,3%), Sergipe (69,2%) e Piauí (69,1%). Entre os estados que vão melhor estão Rio Grande do Sul e Santa Catarina (18,6%), Espírito Santo (21,7%) e Mato Grosso do Sul (29%).

Ex-madrinha - Mesmo não sendo mais madrinha das campanhas solidárias do Governo do Estado, a ex-primeira-dama Fátima Azambuja continua fazendo doações de brinquedos para o "Caixa Encantada". Nesta sexta-feira (1º), ela lotou de presentes a Governadoria e parabenizou o trabalho na atual primeira-dama Mônica Riedel.

Crime autônomo - A Comissão de Segurança Pública do Senado aprovou Projeto de Lei apresentado por Rose Modesto (PSDB), quando ela ainda era deputada federal. Ele aumenta a duração das penas para o crime de feminicídio e teve uma modificação importante. Caso seja aprovado, o projeto prevê que o assassinato de mulheres passará a configurar como crime autônomo. Deixa de ser um agravante do homicídio e tem pena aumentada.

Festança - Mato Grosso do Sul fecha a semana com novas datas oficiais no calendário. O governador Eduardo Riedel sancionou a inserção da Cavalgada de Sonora, realizada desde 1998 no mês de abril, e da Festa do Padroeiro Santo Antônio da Colônia Zanata, sempre realizada em junho, tradicionalmente organizada pela família Zanatta em Dourados.

Vizinhos incluídos - O Senado também aprovou, finalmente, a entrada da nossa vizinha Bolívia no Mercosul (Mercado Comum do Sul). Será mais um passo para a integração regional, que é o tema do momento com a Rota Bioceânica praticamente estruturada. Com a entrada da Bolívia, serão mais 12 milhões de potenciais consumidores do país que tem Produto Interno Bruto de US$ 41 bilhões.

Nos siga no Google Notícias