A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/09/2016 06:00

Desfile do dia 7 é marcado por candidatos no meio do povo

Priscilla Peres

Situação - A maioria dos candidatos a prefeito de Campo Grande foi ao desfile do dia da Independência, na área central da Capital, ontem. O prefeito Alcides Bernal (PP) e o deputado Coronel David (PSC) estiveram no palco das autoridades, já Marcos Alex (PT) e Rosana Santos (PROS) desfilaram no protesto do "Grito dos Excluídos", que teve como principal tema a campanha "Fora Temer".

Com o povo - Já os candidatos Athayde Nery (PPS), Aroldo Figueiró (PTN), Adalton Garcia (PRTB) e Suél Ferranti (PSTU) preferiram andar no meio da multidão, para fazer a campanha corpo a corpo com os eleitores. Alguns apenas conversavam e outros já aproveitaram para entregar santinhos e apresentar os candidatos a vereador da coligação.

Atenção - Outros candidatos a vereador também ficaram no meio do povo do desfile, para tentar conquistar eleitores, aproveitando o público de 20 mil pessoas que estavam no evento. O candidato Elzio Moreira da Silva, o "Filho do Padre" até carregou uma cruz durante o percurso, dizendo que era apenas um ato para divulgar sua campanha, sem qualquer intenção religiosa.

Nova política - O grupo "Escola Sem partido" participou do desfile em Campo Grande, defendendo a bandeira que os professores devem dar aulas e até lecionar sobre a história política do País, mas sem trazer convicções partidárias e doutrinas para os alunos. Eles alegam que isto pode influenciar as crianças, que vão entender estas "ideologias" como verdade.

Proposta - Os integrantes esperam junto com os vereadores, produzir um projeto na Câmara Municipal, que possa substituir o conhecido como a "lei da mordaça", dizendo que nunca houve a intenção de censurar ou limitar os professores. Eles disseram que participam de eventos públicos, fazem palestras e irão comparecer onde for aberto um espaço para este debate.

Pose pra foto - Marcelo Heitor, sobrinho do  deputado federal Zeca do PT e candidato a vereador de Campo Grande pelo PC do B, participou da concentração do grito dos excluídos durante o desfile de ontem. Em meio aos participantes, o rapaz que quase não gosta de se aparecer, aproveitou para selfies e vídeos.

Em baixa - O deputado federal Carlos Marun (PMDB) foi bastante vaiado pela população que participava do desfile de independência, em Campo Grande. Dava pra ouvir gritos de "Sai daí Marun" e "Vergonha". Marun é aliado do deputado Eduardo Cunha (PMDB), que enfrenta uma série de denúncias e articula para evitar a cassação de seu mandato na Câmara Federal.

Volta dos militares - Em meio ao público que assistia o desfile, haviam pessoas com faixas pedindo intervenção militar "para melhorar o país. "Queremos o retorno dos generais com o saco roxo para resolver as falcatruas desse país" ; "Sou apartidária! Mas acredito que o Bolsonaro é quem pode mudar nossa política", era o que se ouvia entre as pessoas que defendiam a intervenção.

Tentativa - O candidato a prefeito de Dourados do PSDB, Geraldo Resende tentou, sem sucesso, impugnar a candidatura do ex-prefeito Braz Melo (PSC) a vereador. Geraldo alegou que Braz estaria inelegível, mas a Justiça Eleitoral manteve a candidatura. Braz Melo faz parte da coligação que apoia a candidatura da vereadora Délia Razuk (PR) à prefeitura.

Mais uma - Foi a segunda tentativa fracassada de Geraldo Resende para tentar impugnar candidatos de coligações adversárias. Ele também perdeu o recurso contra a candidatura à reeleição do vereador Marcelo Mourão (PRP).

(Colaboraram Leonardo Rocha, Adriano Fernandes e Helio de Freitas)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions