ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 26º

Jogo Aberto

Doses de vacina a ser testada em MS já chegaram a São Paulo

Por Marta Ferreira e Leonardo Rocha | 09/10/2020 06:00
Vacina contra o novo coronavírus vai ser testada em público de 18 a 60 anos em MS. (Foto: Freepik)
Vacina contra o novo coronavírus vai ser testada em público de 18 a 60 anos em MS. (Foto: Freepik)

Em preparação – Muita gente está curiosa, mas vai ter que aguardar para saber direitinho como se candidatar para os testes da vacina da Janssen contra o novo coronavírus, a primeira que será experimentada em Mato Grosso do Sul, ainda este ano. O cadastro deve ser aberto daqui duas semanas, em ambiente virtual a ser divulgado.

Critérios – As doses já estão no Brasil, em São Paulo, mas ainda não há data para chegarem a Mato Grosso do Sul. A fase 3 do estudo para aprovação do medicamento da Janssen, que faz parte do grupo gigantesco Jhonson e Jhonson, tem uma limitação básica de aplicação no público de teste: a pessoa tem de ser saudável.

Quais – O candidato não pode ter, por exemplo, comorbidades como hipertensão e diabetes. Também não haverá aplicação em grávidas, para evitar riscos.

Idade – O teste do medicamento preventivo à covid-19 também tem faixa etária. Poderão participar pessoas entre 18 e 60 anos. Serão 2 mil pessoas no Estado.

Imagem- O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, avalia que o retorno dos grandes eventos nacionais e internacionais no Guanandizão vai dar nova visibilidade Campo Grande na área esportiva. De “lambuja”, defende, será uma forma de divulgar a cidade e o Estado.

Prestígio – Para o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra, a vinda do evento nacional resgata grandes momentos esportivos do Estado. Citou os jogos antigos do Comercial e Operário, assim como o time de vôlei do Copagaz, que fez sucesso em décadas passadas.

Empenho- O secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, disse que para investir no esporte é preciso ter "vontade política". Na visão dele, essa dedicação existe como atual governo e Prefeitura de Campo Grande.

Solidariedade – A DEPCA (Delegacia Especializada de Atendimento à Criança ao Adolescente) está recebendo doações de kits de doces para destinação a crianças vítimas de crimes investigados pela unidade. É o terceiro ano da campanha.

Estar na delegacia, geralmente por uma violência sofrida, é muito difícil para qualquer pessoa, especialmente para uma criança”, afirma a delegada titular da DEPCA sobre a iniciativa. “Nosso objetivo é amenizar um pouco esse sofrimento, deixar aquele dia mais leve, mais gostoso”, diz Marília de Brito.

Como ajudar – Os donativos podem ser entregues diretamente na DEPCA, localizada na Rua Dr. Arlindo de Andrade, 145, Bairro Amambaí, em Campo Grande. O atendimento no local é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Mais informações pelos telefones (67) 3323-2500 e (67) 3323-2510.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário