ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 20º

Jogo Aberto

E o Bernal? Continua sem poder se candidatar

Por Anahi Zurutuza, Leaonardo Rocha e Marta Ferreira | 15/07/2020 06:00
Bernal em entrevista ao Campo Grande News em 2017 (Foto: Arquivo)
Bernal em entrevista ao Campo Grande News em 2017 (Foto: Arquivo)

Inelegível - O Juizado Especial de Fazenda Pública sepultou o pedido do ex-prefeito Alcides Bernal para anular o decreto da Câmara Municipal que cassou seu mandato. A Justiça entendeu que a questão já foi decidida em outro processo. Dessa forma, a juíza Elisabeth Rosa Baisch extinguiu a ação. Bernal segue fora das eleições. No ano passado, o STF manteve o político inelegível devido à sua cassação em 2014.

Retorno - Apesar de estar com covid-19, o presidente da Assembleia, o deputado Paulo Corrêa (PSDB), disse que se sente melhor e por isso comandou a votação dos projetos na Assembleia, por meio virtual, da sua residência. Ele contou que sua esposa, Adriana Corrêa, também está com coronavírus. "Obrigado as orações e apoio que estamos recebendo".

Alerta - Corrêa citou que faz parte do "grupo de risco" da doença, já que tem 62 anos e por isso alertou aos colegas que tenham cada vez mais cuidado para não se contaminar com o vírus. "Não é brincadeira, a questão é muito séria e agora está batendo na nossa porta", relatou.

Citação - O deputado Pedro Kemp (PT) lembrou ao colega João Henrique Catan (PL), que a frase "a verdade vos libertará" não é uma citação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sim um trecho da Bíblia. "Ela (frase) foi declarada por Jesus há 2020 anos atrás", disse o petista.

Passagem - João Henrique Catan respondeu a Kemp que conhece a "passagem da Bíblia", mas que ficava "feliz" quando ela (frase) era usada por um "grande líder do País", se referindo ao presidente Jair Bolsonaro.

Não entende - Durante debate na Câmara Municipal sobre o uso do kit de medicamentos preventivos contra o coronavírus, o vereador Carlos Borges (PSB) disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem que governar o País e não dar pitaco sobre o tema. "Não tem que falar de remédio, porque ele não entende nada".

Palavra proibida – A repercussão negativa de novo fechamento de todas as atividades econômicas em cidades de Mato Grosso do Sul diante da escalada do novo coronavírus fez autoridades evitarem o termo lockdown. O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o procurador municipal, Alexandre Ávalos, e o próprio prefeito, Marquinhos Trad, consideram o termo muito radical e negam que será necessário o “bloqueio total”.

Positivo - O diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Espíndola Trindade Junior, testou positivo para o novo coronavírus. Segundo a assessoria de órgão, ele vinha realizando exames periódicos e sem sintomas, recebeu o resultado do último teste ontem, por isso, cumpre isolamento domiciliar.

Mais popular – A repercussão negativa de vídeos postados por Lívia Tosta “comemorando” a confirmação de que está com coronavírus rendeu à blogueira de Campo Grande o acréscimo de 200 seguidores. Ela fechou a terça-feira (14), dia seguinte à polêmica com 25,1 mil pessoas acompanhando suas postagens no Instagram.