ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Em novo "enxuga gelo", ninguém quer deixar rodoviária antiga

Marta Ferreira | 09/01/2021 07:00
Frequentadores da região da antiga rodoviária com as mãos na parede, durante abordagem na noite dessa sexta-feira (Foto: Divulgação)
Frequentadores da região da antiga rodoviária com as mãos na parede, durante abordagem na noite dessa sexta-feira (Foto: Divulgação)

Enxugando gelo – A expressão é antiga, e repetida, mas descreve bem o que as autoridades conseguem fazer em relação à situação da antiga rodoviária de Campo Grande quanto à presença de dependentes químicos. Exemplo disso é o fato de, nesta sexta-feira, o lugar ter sido alvo de mais uma força-tarefa para atender quem ‘sobrevive’ por ali e ninguém ter aceitado abrigo.

Não quero – Segundo as informações obtidas, de 35 usuários de entorpecentes encontrados no local, absolutamente todos preferiram continuar na rua.

Reação – Nesta semana, a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) fez cinco prisões de traficantes no lugar, um dia depois de imagens chocantes serem divulgadas pelos comerciantes. Ontem, pelo resultado da operação, a clientela estava no mesmo lugar.

Preparando – Fechado desde o dia 13 de setembro, quando foi destruído por incêndio de proporções recordes em Campo Grande, o Atacadão da Avenida Duque de Caxias está sendo reconstruído com previsão de abertura em março. A data não está definida ainda, como apurou a coluna.

Expectativa – Conforme a informação dada pela empresa, ao ser consultada, as obras estão em andamento para refazer a loja. A previsão, no momento, é de conclusão “até o final de fevereiro”.

Mais uma – A pandemia de covid-19 atrapalhou inúmeros empreendimentos que estavam para sair do papel. Um deles é a revitalização do espaço chamado “Casa do Homem Pantaneiro”, no Parque das Nações Indígenas.

Projeto – Em maio do ano passado, foi firmado convênio prevendo o repasse do espaço para a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul). Os casos de covid-19 haviam chegado recentemente ao Estado e de lá para cá, a situação só piorou e por isso o investimento foi sendo adiado.

Famoso – Depois de minimizar a gravidade da covid-19 e acabar sendo vítima dela, o pastor Gladiston Amorim, de Campo Grande, ficou conhecido nacionalmente. Deu entrevista longa à Folha de S.Paulo sobre a transformação de sua visão sobre a doença.

Nas escrituras – No material, fala dos 51 dias internado em razão das consequências graves da covid-19 e diz que aprendeu na dor a respeitar o uso da máscara. Afirma, inclusive, que o uso da proteção está previsto na Bíblia.

Ajuda – O “não está fácil para ninguém” ganhou uma nova prática da parte dos motoristas de aplicativo, que em muitos casos queixam-se de serem explorados pelas empresas do setor. Tem “parceiro” adotando até caixinha pedindo gorjeta aos passageiros, conforme presenciado pela coluna em uma corrida.

Nos siga no Google Notícias