A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/05/2018 06:00

Empréstimo do BNDES não empolga Reinaldo

Marta Ferreira

Queremos mais - O dinheiro que o BNDES está oferecendo em linha de crédito específica para a segurança é “bem vindo”, mas a ação do governo federal é insuficiente diante das necessidades, reforçou ontem o governador Reinaldo Azambuja. A análise foi em resposta à pergunta se haverá pedido de financiamento.

Reivindicações – “Queremos a responsabilização da União também em transferência aos estados para ajudar a coibir a criminalidade principalmente na região de fronteira”, argumentou Reinaldo.  A linha de financiamento foi anunciada com pompa pelo governo em março, como medida contra a violência.

Pensando – Sobre o pedido de financiamento ou não, o governador disse que está “analisando com carinho”. Alertou, porém, que se houver “agiotagem oficial”, não é algo compensador. “O estado já está muito endividado pelos empréstimos feitos no passado, que acabam gerando problema para a própria sociedade”, comentou.

Importante – O senador Waldemir Moka (PMDB) avisou: vai ficar em Brasília nesta sexta-feira, para participar de uma eventual sessão extraordinária de votação de medidas que possam dar fim à paralisação dos caminhoneiros. Para ele, os prejuízos exigem uma solução urgente ao problema.

Boicote – Na contramão desse entendimento, o deputado Cabo Almi (PT) defendeu ontem na Assembleia Legislativa que a população deveria aderir à manifestação dos caminhoneiros, não indo aos postos abastecer. Aproveitou para criticar Michel Temer, dizendo que a situação ocorre devido à falta de planejamento e organização do atual presidente.

Engraçadinho - O deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) durante discurso em evento na sede da Fiems, fez um trocadilho com o nome da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar. “Semagro.. não tem nada de magro, deveria chamar Segorda”, considerando o engajamento, comprometimento e parceria de toda a equipe técnica que compõe a pasta.

Democrático - O prefeito Marquinhos Trad (PSD) comentou esta semana que vai participar de todos os eventos com pré-candidatos ao governo. "Sou prefeito da cidade e como representante não posso diferenciar e não vou", disse.

Avaliação positiva- Trad revelou que recebeu e ex-prefeito André Puccinelli uma avaliação que pose ser considerada um elogio. Disse que foi chamado de"mágico" na administração do município, impactada com a queda da arrecadação e pela agora alta do dólar, que tem reflexos em diversos setores e acaba refletindo também nas contas públicas.

Queda de braço - Duelo pela regulamentação do transporte de passageiros por aplicativos deve continuar. "Podem vir, mas tem que ter os mesmos direitos e deveres para uma competição igual [com táxis e mototáxis]", destacou o prefeito. Decreto que havia sido suspenso pode voltar depois de parecer da procuradoria jurídica do município.

(Com Anahi Gurgel, Leonardo Rocha e Kleber Clajus)

Infrações em SP tiram CNH de Bumlai
Suspenso – Conhecido nacionalmente como “ o amigo do ex-presidente Lula”, o pecuarista sul-mato-grossense José Carlos Bumlai teve a CNH (Carteira Nac...
Mandetta já recebe cobranças como ministro
Quase lá – Dada como certa, a indicação de Luiz Henrique Mandetta para o Ministério da Saúde tem expectativa de anúncio para esta semana. Antes mesmo...
Moro deve levar chefe da PF em MS para Brasília
Já vai - Tudo indica que a temporada do delegado da Polícia Federal Luciano Flores na chefia da superintendência da corporação em Mato Grosso do Sul ...
Mochi prevê chamar concursados ainda em 2018
Aguardem - O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (MDB), voltou a reafirmar nesta semana que deve fazer nova chamada de aprovados em con...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions