A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/05/2018 06:00

Futebol de MS é vice, mas em cartolagem

Ângela Kempfer

Empregão - O nosso presidente Francisco Cezário, na Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul desde 1998, é o segundo cartola no País em tempo de mandato ininterrupto. Reeleito no último dia 30, assegurou outros 4 anos no poder.

Produtividade zero - Já está há 20 anos mandando, sem nenhum avanço considerável no desempenho dos times por aqui. Ele só perde para o campeão Zeca Xaud, há 44 anos comandando o futebol em Roraima.

Dancing Queen - O ex-prefeito Nelsinho Trad surpreendeu a mãe ontem, dona Therezinha, colocando Abba para tocar no celular. Ela até chorou lembrando de quando o filho dançava "Dancing Queen", ainda adolescente, para exercitar o inglês. "Quando fui estudar no Rio de Janeiro, ela disse que ouvia essa música e chorava de saudade", lembrou Nelsinho.

Na raça - Em 2019, a Comunidade Tia Eva comemora o centenário da tradicional festa de São Benedito, mas apesar do recorde em longevidade, permanece firme sem nenhuma perspectiva de reconhecimento pelo poder público.

Mutirão - O evento, que integra o calendário oficial de Campo Grande, tem uma semana de festividades religiosas e culturais, todas sob responsabilidade dos moradores. A festa não recebe recursos significativos nem do governo, nem da prefeitura, reclamam os organizadores.

Argentinos - As coisas vão mal para a economia do lado de lá da fronteira, mas a Sancor, maior empresa de seguros da Argentina, deve abrir os dois primeiros escritórios em Mato Grosso do Sul este ano, em Dourados e Campo Grande. O grupo de 75 anos chegou ao Brasil em 2013.

Banda Larga - O presidente da Anatel, Juarez Quadros, voltou a defender o uso do satélite da Telebras (SGDC) para atender áreas “menos rentáveis” com banda larga, principalmente no Acre, Amazonas e Mato Grosso do Sul.

Questionada - O governo federal tenta mobilizar a opinião pública porque o contrato que envolve o satélite, entre Telebras e a Viasat, empresa americana de comunicação, é questionado na Justiça. O argumento é que seria a única forma de levar internet de alta velocidade a locais como Bonito, onde operadoras não têm interesse de operar pela baixa lucratividade.

Em análise - Anteprojeto de lei elaborado por uma comissão de juristas sobre segurança pública chegou ao Congresso Nacional para endurecer a legislação no combate a crimes como tráfico de drogas e armas. Entre as propostas, estão aumentar penas e criar formas de financiamento para a segurança pública.

Mobilização - Avaliado pelo Associação dos Juízes Federais, um apoio o anteprojeto já ganhou. Segundo a entidade, um dos melhores pontos está nos acordos em substituição da pena privativa de liberdade. Nesse caso, haveria alternativas como a reparação do dano e a prestação de serviços à comunidade para os casos de crimes mais leves sem violência ou grave ameaça cujas penas não excedam os quatro anos.

 

 

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions