A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/08/2016 06:00

Gafes cerimoniais viram 'atração' em Bonito

Waldemar Gonçalves

Sem perguntas – O delegado Hoffman Dávila Cândido e Souza protagonizou cena digna de séculos passados na Depac Piratininga, em Campo Grande, sábado pela manhã. Indignou-se, rispidamente, com jornalista que insistia em fazer-lhe perguntas sobre uma determinada ocorrência de horas antes.

Subiu o tom – Aos gritos, a autoridade policial chegou a ameaçar prender a repórter por desacato. Alegava que não prestaria informações porque ela havia chegado atrasado à delegacia, mesmo não havendo qualquer agenda prévia no local. Tratava-se apenas de cobertura rotineira das ocorrências policiais, feita pela imprensa a cada manhã.

Quebra o protocolo – Mesmo sem saber do desastroso comportamento do delegado, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), deu-lhe uma aula de civilidade. Na reunião de governadores do Fórum Brasil Central, em Bonito, o tucano quebrou protocolo ao pedir que jornalistas acompanhassem toda a conversa das autoridades. O cerimonial do evento havia permitido que somente cinegrafistas, e por só 10 minutos, registrassem o encontro.

Importância da imprensa – Ao saber da restrição, Perillo pediu licença ao anfitrião, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), para permitir total acesso dos jornalistas. O político goiano ainda destacou a importância da imprensa no processo democrático. Foi prontamente atendido.

Gafes cerimoniais – Gafes do cerimonial do governo foram, inclusive, centro das atenções durante o Fórum Brasil Central em Bonito. Em um dos episódios, a diretora-geral do serviço, Marisa Machado, barrou a entrada do comandante da Polícia Militar, coronel Jorge Edgard Júdice, em um jantar de autoridades.

Que vergonha – Aparentemente sem saber com quem falava, a chefe do cerimonial discutiu com o comandante da PM até no estacionamento do local do evento. Irritado, Júdice foi embora falando que Machado “envergonha o cerimonial” do governo.

Reincidente – Coronel Júdice ainda disse não ter sido a primeira vez que presenciou momento desagradável com Machado, comissionada no cargo desde os tempos de André Puccinelli (PMDB). Chefe da PM desde fevereiro deste ano, esta foi a segunda ocasião em que ele teve dificuldades com o cerimonial. Marisa Machado não atendeu o telefone, ontem, quando procurada para comentar o episódio.

Mala perdida – Como se ainda fosse pouco, a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, teve dificuldades para encontrar sua bagagem no hotel em Bonito. Conseguiram extraviar a mala dela e colocaram a de um segurança de outro Estado no lugar. Os pertences da esposa do governador só foram achados em outro hotel.

Inseguro – E para arrematar episódios sobre o Fórum Brasil Central em Bonito, o secretário de Segurança Pública de MS, José Carlos Barbosa, confundiu-se ao falar sobre um sistema integrado de informações do setor, “O Netuno”, disse ele a um jornalista, quando foi corrigido: “Apolo, secretário”. “Isso, isso, o Apolo”, consertou.

Comício – Rose Modesto (PSDB) escolheu o Aero Rancho, bairro mais populoso de Campo Grande, para fazer seu primeiro comício de campanha. Está marcado para esta segunda-feira, às 19h, na Rua Arapoti, esquina com a Rua Aurea Barbosa, inclusive sendo prevista a participação do governador.

(com Leonardo Rocha, Ricardo Campos Jr. e Anny Malagolini)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions