ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Gusttavo Lima, o exigente

Por Jogo Aberto | 10/04/2012 06:00

Estrela

A passagem do cantor Gusttavo Lima por Campo Grande no fim de semana mostrou o quanto o sucesso pode transformar pessoas. O cantor, que antes demonstrava bastante humildade, foi definido por quem teve de servi-lo como uma personalidade daquelas complicadinhas.

Reloginho

Hospedado no Novotel, o cantor exigiu, por exemplo, que apenas uma pessoa lhe atendesse. Além disso, estabeleceu tempo para isso: apenas 10 minutos.

Tarde demais

Uma das solicitações esdrúxulas do cantor foi pedir café da manhã às 15h30. Não deu. A cozinha já preparava o jantar dos hóspedes a esse horário e o pedido foi negado principalmente porque Gusttavo exigiu que fosse nos tais 10 minutos.

Escudo

O vereador Oséas Ohara de Oliveira (PMDB), principal opositor do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira em Corumbá, deve lançar a esposa, Solange Alves de Oliveira, para concorrer com Paulo Duarte pela Prefeitura.

Aguardando

Duarte (PT), que já declarou estar ansioso para conhecer o adversário em Corumbá, foi o primeiro a estranhar o fato de Oséas não entrar no páreo, ressaltando que a mulher "parece ter mais coragem".

Carona

O pastor e presidente do Fenasp (Fórum Cristão Nacional de Ação Social e Político), Wilton Acosta, pegou uma caroninha em avião da FAB na última quinta-feira com a comitiva do ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella.

Pode

Acosta garantiu que o procedimento é normal e que foi convidado pelo ministro para a agenda no Estado. “Fui ao Mato Grosso do Sul para uma agenda específica, notificada. Agora, caso você ache irregularidade (na carona em avião da FAB) tem que apontar”, esbravejou ao repórter do Campo Grande News.

Agenda

A agenda a qual Acosta se refere foi uma reunião que ele define como mobilização para o Encontro Nacional de Parlamentares Evangélicos no dia 12 de abril, no Senado. Ele ainda participou de programa de televisão do vereador Herculano Borges, que teve a presença do governador André Puccinelli, dos deputados federais Vander Loubet e Edson Giroto, além do deputado Rinaldo Modesto e vereadora Rose.

O que a FAB diz

Dona do avião, a Força Aérea Brasileira afirmou que não fiscaliza os passageiros que fazem parte de comitiva de autoridades de Estado. Segundo a Corporação, isto é competência e responsabilidade, neste caso, do próprio ministro. A assessoria de imprensa do Ministério foi contatada por e-mail, mas, até o fechamento desta coluna, não havia se posicionado sobre o assunto.

Guerra dos portos

MS está entre os estados que continuam ampliando a importação de mercadorias, graças às vantagens fiscais oferecidas. Em 10 anos, o aumento superou 500% e as entidades que reúnem a indústria nacional cada vez mais ampliam a grita por mudanças, alegando que estão sofrendo concorrência desleal dos produtos importados que pagam menos impostos.