ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 16º

Jogo Aberto

Poeta

Por Jogo Aberto | 19/07/2011 06:00
Deputado em plena atividade como noivo de festa junina. (Foto: Rádio Caçula)
Deputado em plena atividade como noivo de festa junina. (Foto: Rádio Caçula)

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), bem casado com a governadora em exercício Simone Tebet (PMDB), foi o noivo da festa junina na comunidade Jupiá, em Três Lagoas. A caráter, ele até encarnou o tradicional noivo fujão. A noiva foi a prefeita Márcia Moura.

Até a prefeitura de Amambai caiu no golpe do crédito de celular. Um homem ligou para o prefeito, dizendo ser o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), pediu para que fosse colocado crédito no celular da esposa e de pronto um funcionário municipal foi destacado para a tarefa.

O servidor foi até a lotéria mais próxima e fez a transferência de R$ 800,00 em créditos para oito celulares diferentes, no valor de R$ 100,00 para cada um dos números. Só ontem o funcionário registrou o boletim de ocorrência.

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande anunciaram plantão mesmo durante recesso parlamentar, que começou ontem. Até 1º de agosto, eles garantem que haverá regime de escala, das 7h30 às 13h30, para atendimento ao público.

Sandy e a atriz Fernanda Paes Leme vão gravar em Corumbá a série "As Brasileiras", ambientado em Mato Grosso do Sul. O episódio tem o nome "Reacionária do Pantanal". A irmã do Júnior será protagonista na trama global.

Ela fará par romântico com Pedro Neschling. Sandy vai viver a personagem Gabriela, apaixonada por Maurício. O motivo do "reacionária" não foi divulgado pela autora, Ana Maria Moretzsohn. Sandy deve gravar em agosto e a série vai ao ar ainda neste ano.

As apostas são de que a Via Parque, em Campo Grande, será a nova avenida comercial da cidade. E a valorização, que sempre existiu, agora avança ainda mais. Uma sala de 40 metros quadrados na avenida custa hoje 230 mil reais.

A Unimed, já tão criticada pelo o que cobra e o que oferece, agora resolveu piorar as coisas para o lado dos médicos e dos pacientes. A reclamação na praça é de que operações são restringidas. As cirurgias, que melhor remuneram os médicos, são limitadas por semana.

O Ministério Público Estadual perdeu na Justiça ação contra a prefeitura de Dourados. O MPE queria obrigar o município a garantir infraestrutura urbana e acessibilidade no Bairro Estrela Hori, mas o TJ considerou que não cabe ao órgão fazer determinações deste tipo ao Executivo.

Depois da trégua em Aquidauana, o presidente da Câmara Municipal, vereador Clézio Bley Fialho (PSL), aproveitou para fazer a sua propaganda. Disse que está ao lado de Fauzi Suleiman porque “esse é o meu sonho em ser vereador, a maior riqueza é construir a vida melhor para nosso povo”.