ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Mandetta articula para ser vice de Moro, revela revista

Por Anahi Zurutuza, Gabriel Neris e Adriel Mattos | 16/11/2021 06:00
Mandetta ao lado de Moro em foto postada pelo ex-ministro em sua rede social, segundo o jornal O Globo. (Foto: Reprodução)
Mandetta ao lado de Moro em foto postada pelo ex-ministro em sua rede social, segundo o jornal O Globo. (Foto: Reprodução)

Articulação – O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), está avançando nas articulações para ser o candidato a vice-presidente na chapa de Sergio Moro em 2022, segundo a revista Veja. Conforme nota divulgada na coluna Radar, o médico sul-mato-grossense esteve no evento de filiação de Moro ao Podemos.

Terceira via – Ainda conforme a apuração da Veja, existe um acordo para que depois das prévias do PSDB e da definição do MDB sobre lançar ou não a senadora Simone Tebet como candidata, a chamada “terceira via” - grupo formado por políticos que se apresentam como uma alternativa na disputa polarizada entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido) – construa candidatura única.

Visto e lembrado – O cardápio de vices está recheado. Por isso, até Mandetta marcou presença no evento e fez questão de bater foto ao lado do ex-juiz federal. Afinal, quem não é visto, não é lembrado.

Homenagem – O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSDB), quer criar a medalha “Delinha”, a ser entregue no dia 9 de abril de cada ano, data alusiva ao Dia do Artista Regional de Campo Grande. O projeto aguarda votação entre os parlamentares. Conhecida como a “Dama do Rasqueado”, a cantora tem 63 anos de carreira dedicados à música regional.

Acervo – Manoel de Barros foi homenageado com a exposição “Vive”, aberta pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), com recortes de jornais, edição de livros e arquivos pessoais do poeta.

Climão  Entre os poucos convidados, não havia ninguém da fundação, criada em 1998, que leva o nome do poeta e também conta com objetos e obras de Manoel de Barros. As homenagens ao poeta ficaram por conta dos salesianos.

Folga – Os deputados Jamilson Name (sem partido) e Pedro Kemp (PT) aproveitaram o feriadão para passear pela cidade mesmo. Jamilson foi visto caminhando com o cachorro de estimação no Parque dos Poderes pela manhã. Já Kemp preferiu lazer bem longe do local de trabalho e esteve na feirinha da Praça Bolívia.

Ninguém mesmo – O deputado federal Fábio Trad (PSD-MS) lamentou que a alta dos preços acabou com os convites para churrasco.  “Não sei com vocês, mas faz tempo que não ouço alguém me dizer: ‘Vamos comer um churrasco lá em casa?’ Até que convidado eu sou, mas é só pro tereré mesmo”, tweetou.

Decida – O MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) recomendou que a vice-prefeita e secretária municipal de Educação de Juti, Isabel Morais (PTB), escolha se receberá o salário de vice ou de professora da Rede Estadual de Ensino.

Lido e ignorado – Bel, como é conhecida, foi intimada a prestar esclarecimentos em inquérito civil, mas não respondeu. Como vice-prefeita, ela tem salário de R$ 8,5 mil e como professora, de R$ 5,5 mil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário