A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/08/2016 06:00

Na casa dos Olarte, quem 'não sabe de nada' fica constrangido

Waldemar Gonçalves

Ficaram para fora – A Operação Pecúnia, ontem, levou desconforto a funcionárias da casa de Gilmar Olarte (Pros). Duas chegaram por volta das 8h e esperaram no portão por pelo menos uma hora até poderem entrar.

Não sabemos de nada – Abordadas pela imprensa, as duas mulheres pouco puderam falar, diante de uma situação de evidente constrangimento. “Não sabemos de nada. Só queremos entrar para trabalhar”, disseram.

Cara triste – Mais tarde, um pouco antes de os patrões saíram da casa presos, uma terceira funcionária, que estava dentro do imóvel e acompanhou um dos policiais que fez a vistoria nos carros do casal Olarte, foi embora. A mulher saiu em silêncio, levando com ela um semblante de tristeza e os olhos avermelhados.

Reformas necessárias – O Governo Federal precisa começar a fazer as reformas que o País necessita, como a da Previdência Social, e ter a consciência de que deve trabalhar para população e não para partido político. A análise é do governador Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), durante agenda pública ontem de manhã.

Dicas a Temer – Indiretamente, o líder tucano elogiou e ao mesmo tempo reforçou cobranças à gestão de Michel Temer (PMDB) na Presidência. "Acredito que agora devemos seguir esta agenda positiva, pois senão os trabalhadores é quem vão pagar a conta".

Grande churrasco – Reinaldo lembrou que o asfalto de ruas que dão acesso ao Polo Empresarial Norte, que lançou ontem, era promessa de campanha. Ponderou que "promessas vazias" é o que tiram a credibilidade da classe política. Empresários prometeram que na inauguração da obra farão um "grande churrasco" para retribuir.

De volta a 2012 – O governador já gravou sua participação no horário eleitoral de Rose Modesto (PSDB). E reforça que o plano de governo, agora, tem como base o dele, feito em 2012. “Estar aqui é como reviver aquele ano, quando a Rose e eu andamos pela cidade ouvindo as pessoas”, comentou à assessoria tucana. A campanha no rádio e TV começa dia 26.

Vovô prefeito? – O presente de Dia dos Pais de Marcos Trad (PSD) foi a notícia de que será avô. Ele disse que a filha deu a ele um embrulho com o resultado positivo do exame de gravidez. Ele, ao registrar sua candidatura a prefeito ontem, disse que quer construir uma cidade onde os filhos e o neto vão crescer.

Última hora – Dois candidatos tiveram apuro na hora de registrar a chapa. Elizeu Amarilha (PSDC) e o PV de Marcelo Bluma enfrentaram problemas com documentos e tiveram de correr atrás da papelada a toque de caixa, já que o prazo terminava ontem. As mazelas de deixar para última hora foram superadas.

‘Apatralhado’ – Amarilha, inclusive, se enrolou com as palavras ao dar entrevista e deu a entender que formaria uma nova quadrilha se for eleito prefeito de Campo Grande. Da mesma forma, disse que seu partido é “nepotismo puro”, já que o vice na chapa majoritária é seu filho.

(com Leonardo Rocha, Mayara Bueno, Ricardo Campos Jr. e Júlia Kaifanny)

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions