A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/08/2016 06:00

Na casa dos Olarte, quem 'não sabe de nada' fica constrangido

Waldemar Gonçalves

Ficaram para fora – A Operação Pecúnia, ontem, levou desconforto a funcionárias da casa de Gilmar Olarte (Pros). Duas chegaram por volta das 8h e esperaram no portão por pelo menos uma hora até poderem entrar.

Não sabemos de nada – Abordadas pela imprensa, as duas mulheres pouco puderam falar, diante de uma situação de evidente constrangimento. “Não sabemos de nada. Só queremos entrar para trabalhar”, disseram.

Cara triste – Mais tarde, um pouco antes de os patrões saíram da casa presos, uma terceira funcionária, que estava dentro do imóvel e acompanhou um dos policiais que fez a vistoria nos carros do casal Olarte, foi embora. A mulher saiu em silêncio, levando com ela um semblante de tristeza e os olhos avermelhados.

Reformas necessárias – O Governo Federal precisa começar a fazer as reformas que o País necessita, como a da Previdência Social, e ter a consciência de que deve trabalhar para população e não para partido político. A análise é do governador Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), durante agenda pública ontem de manhã.

Dicas a Temer – Indiretamente, o líder tucano elogiou e ao mesmo tempo reforçou cobranças à gestão de Michel Temer (PMDB) na Presidência. "Acredito que agora devemos seguir esta agenda positiva, pois senão os trabalhadores é quem vão pagar a conta".

Grande churrasco – Reinaldo lembrou que o asfalto de ruas que dão acesso ao Polo Empresarial Norte, que lançou ontem, era promessa de campanha. Ponderou que "promessas vazias" é o que tiram a credibilidade da classe política. Empresários prometeram que na inauguração da obra farão um "grande churrasco" para retribuir.

De volta a 2012 – O governador já gravou sua participação no horário eleitoral de Rose Modesto (PSDB). E reforça que o plano de governo, agora, tem como base o dele, feito em 2012. “Estar aqui é como reviver aquele ano, quando a Rose e eu andamos pela cidade ouvindo as pessoas”, comentou à assessoria tucana. A campanha no rádio e TV começa dia 26.

Vovô prefeito? – O presente de Dia dos Pais de Marcos Trad (PSD) foi a notícia de que será avô. Ele disse que a filha deu a ele um embrulho com o resultado positivo do exame de gravidez. Ele, ao registrar sua candidatura a prefeito ontem, disse que quer construir uma cidade onde os filhos e o neto vão crescer.

Última hora – Dois candidatos tiveram apuro na hora de registrar a chapa. Elizeu Amarilha (PSDC) e o PV de Marcelo Bluma enfrentaram problemas com documentos e tiveram de correr atrás da papelada a toque de caixa, já que o prazo terminava ontem. As mazelas de deixar para última hora foram superadas.

‘Apatralhado’ – Amarilha, inclusive, se enrolou com as palavras ao dar entrevista e deu a entender que formaria uma nova quadrilha se for eleito prefeito de Campo Grande. Da mesma forma, disse que seu partido é “nepotismo puro”, já que o vice na chapa majoritária é seu filho.

(com Leonardo Rocha, Mayara Bueno, Ricardo Campos Jr. e Júlia Kaifanny)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions