A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/03/2016 06:00

Na mudança da favela, maior estrutura é a da segurança

Waldemar Gonçalves

Segurança máxima – O esquema de segurança montado para transferir moradores da favela Cidade de Deus chamava a atenção por onde passava, ontem à tarde. As famílias deixaram a área, ao lado do lixão, para ocupar outra, no limite do perímetro urbano da cidade, na região da Vila Nasser. Para levá-las de um ponto ao outro, a Prefeitura de Campo Grande usou três ônibus, vários caminhões de mudança, viaturas da Guarda Civil Municipal e da Defesa Civil, sob escolta de batedores da GCM.

Que recepção – No entanto, ao chegarem ao novo loteamento, que por si só já fica no meio do nada, os moradores da favela sequer foram recebidos com uma estrutura de acolhimento pronta. Enquanto a garoa começava a precipitar, os funcionários começavam a montar as tendas para que os funcionários da agência do sistema municipal de habitação formalizassem a assinatura de um contrato.

No improviso – Havia alguns banheiros químicos no local, amontoados. Pela falta de quem orientasse os novos moradores, uma mulher chegou a levar a filha para fazer as necessidades no meio do mato.

Decepção – O deputado estadual Renato Câmara disse que vai ficar decepcionado com Geraldo Rezende caso ele deixe o PMDB para ir pra o PSDB. Comenta que o próprio deputado federal organizou uma prévia no partido, em que todos apoiaram seu nome. “Todos nós levantamos as mãos, se ele sair agora será uma decepção”.

Alternativa – O deputado estadual Eduardo Rocha confirmou que levou Felipe Orro para conversar com o ex-governador André Puccinelli. O líder peemedebista abriu as portas do partido para o parlamentar, segundo Rocha. “Agora, esperamos a sua resposta. Se vier será mais uma alternativa para a prefeitura de Campo Grande”, conclui.

Mudanças na Câmara – A última semana da janela partidária também segue movimentando a Câmara Municipal de Campo Grande. O Solidariedade pode passar de um para três vereadores até a próxima semana. A legenda, que tem hoje apenas Herculano Borges, receberá o médico Eduardo Cury, de saída do PT do B, até sexta-feira. Ainda não confirmado, mas quase em fim de noivado, Roberto Durães pode ser o terceiro do partido na casa.

Indefinições – Ainda na Câmara Municipal, dois peemedebistas e ex-presidentes da casa estão com futuro incerto. Mario Cesar tem convite para o PSB, da deputada federal Tereza Cristina, mas está sem pressa de decidir por não ter planos de disputar a reeleição. Paulo Siufi ameaçou deixar o partido reclamando falta de espaço e respeito, chegou a conversar com Reinaldo sobre eventual migração ao PSDB, mas ultimamente não tem mais tocado no assunto.

Tem que ir – Luiz Henrique Eloy, advogado do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), foi avisado pela Justiça de que está autorizado a não responder, mas deve comparecer à CPI da Assembleia Legislativa que investiga se a instituição inflama o conflito entre índios e fazendeiros em Mato Grosso do Sul. A ida está agendada para a tarde desta quarta-feira (16).

Coercitiva – O deputado estadual Pedro Kemp (PT) explicou que houve uma nova convocação da CPI do Cimi para Dr. Eloy. Ele espera que o advogado compareça para evitar uma – agora famosa – condução coercitiva. Desde o início, o petista foi contra essa decisão, que definiu como exagero, já que o depoente poderá ficar em silêncio durante toda a reunião.

Embaixadora – A cantora Delinha é, oficialmente, a Embaixadora da Cultura de Campo Grande. O prefeito, Alcides Bernal (PP), sancionou na segunda-feira à noite projeto aprovado pela Câmara Municipal dando a ela o título. Quando a proposta foi aprovada, no começo de fevereiro, Delinha revelou que, a exemplo de outros artistas locais, também tem cachês não pagos pela Prefeitura.

(com a redação)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions