A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/09/2019 06:00

Nem só de debate político é feita a sessão na Câmara

Leonardo Rocha e Fernanda Palheta
Visita da presidente da AAC à Câmara emocionou o presidente da Casa, João Rocha. (Foto: Izaias Medeiros)Visita da presidente da AAC à Câmara emocionou o presidente da Casa, João Rocha. (Foto: Izaias Medeiros)

Cortesia - Volta e meia, o plenário da Câmara de Campo Grande é tomado pelo clima mais ameno, em meio aos debates políticos. Nesta terça-feira (10), o vereador Hederson Fritz (PSD) fez “declaração” ao presidente da Casa, João Rocha (PSDB). Durante a palavra livre, o parlamentar anunciou que tinha comentário “constrangedor” a fazer e revelou: “Essas duas noites eu dormi com o nosso presidente na cabeça”.

Reflexão – Gargalhadas à parte, o vereador explicou que havia refletido sobre palavras usadas pelo tucano, entre elas a defesa de que o Legislativo Municipal é um colegiado. “São as suas frases, senhor presidente, que me nortearam para o debate", disse, ao defender projeto de lei proibindo a instalação de câmeras de vigilância no interior dos postos de saúde

Obrigada - De sua posição, João Rocha foi sucinto, mas cortez ao agradecer a deferência do colega a seu respeito. "Seus pensamentos me causam honra", declarou.

Emotivo - Rocha teve mais um momento incomum na Câmara ontem. Diante da visita da presidente da AACC (Associação Amigos das Crianças com Câncer), Mirian Comparin, acabou ficando bastante comovido e até chorando. Em maio do ano passado, Rocha perdeu a esposa, Rosemary Costa Rocha, 61 anos, depois de 10 anos de luta contra a doença.

Largada - O MDB faz reunião hoje, às 18h, no Diretório Municipal, e inicia as conversas sobre as eleições do ano que vem. O deputado estadual Márcio Fernandes (MDB) confirmou o interesse de ser candidato em Campo Grande e garante que só embarcou nessa porque dois nomes fortes não querem concorrer.

Planos adiados - Os principais cotados até agora têm outros planos pela frente. André Puccinelli já disse que pretende disputar o governo do Estado em 2022 e Simone Tebet não desistiu da meta de ser presidente do Senado. O debate que começará hoje vai ser conduzido por Puccinelli.

Cartas e afins - Depois de uma greve relâmpago neste mês, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Elaine Regina de Souza Oliveira, usou a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar eventual privatização da empresa, o que para ela é inconcebível diante dos bons números.

Lucrando - "Os Correios têm 356 anos, não tem déficit e ainda antecipa dividendos de R$ 7,5 bilhões para a União, sendo que o Governo Federal alega que deve privatizar porque só dá prejuízo", destacou. Elaine disse que a ordem agora é reforçar estes argumentos junto à sociedade.

Homenagem - O deputado Rinaldo Modesto (PSDB) apresentou uma proposição para que o espaço reservado à imprensa na Assembleia, onde os profissionais realizam as entrevistas, leve o nome da jornalista Priscilla Sampaio, como uma homenagem a profissional sul-mato-grossense, que faleceu em setembro de 2015, gerando muita comoção na cidade.

Demorou – Roda de conversa no dia 21 de setembro, nas Moreninhas, tem entre vários temas a serem discutidos a questão: Porque ela surgiu tão distante do Centro? O evento será no Centro Comunitário da região, e também vai colocar em debate a pergunta: “Porque a população pobre é excluída da cidade bem planejada que pode ser vista nos Altos da Avenida Afonso Pena?

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions