A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/07/2016 07:00

Nova denúncia põe Bernal em rota de colisão com a Câmara

Waldemar Gonçalves

Ainda não sabe – Ainda não é de conhecimento do presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), o conteúdo de pedido de impeachment contra o prefeito, Alcides Bernal (PP), protocolado na casa, referente à confusão envolvendo a Prefeitura e a ordem para demitir contratados por convênios com a Omep e Seleta. O vereador diz que já retomou as funções no Legislativo Municipal e deve ter em mãos a solicitação nos próximos dias, quando poderá se referir a ela com maior propriedade.

Impeachment de novo? – No entanto, o tucano dá dicas de que Bernal não terá sossego neste fim de mandato. “A Câmara já tinha tomado as providências necessárias sobre o prefeito”, disse Rocha, se referindo à cassação de Bernal, em março de 2014. “Vamos afastar de novo. O prefeito faz um absurdo atrás do outro”, reforçou ontem, ainda conversando com o Campo Grande News sobre a mais recente denúncia levada à casa.

Acompanha – A novela que foi criada entre a Prefeitura, Omep e Seleta é acompanhada, afirma o presidente, mas a Câmara não tomou nenhuma medida, pois se trata de “questão administrativa” já sob cuidados do Ministério Público Estadual e Poder Judiciário.

Melhorar o texto – "Conversei três vezes com o Rodrigo Maia (DEM-RJ, presidente da Câmara dos Deptuados), que está conversando com todos para melhorar o texto, junto aos governadores", disse ontem o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Sem prejuízos – A frase do governador se refere ao Projeto de Lei 257, em tramitação no parlamento federal, que trata da renegociação da dívida dos Estados com a União. Segundo Reinaldo, a proposta não atrapalhará ou prejudicará os trabalhos do Ministério Público, Judiciário e Defensoria, já que não será votado o texto original, e sim terá ajustes e consenso com os poderes.

Freio nos gastos – Reinaldo, porém, alerta que os poderes não podem expandir os gastos e, isto sim, fazer o dever de casa, já que neste momento há retração na economia. "Concordo com a União quando diz que os tribunais e MPEs não podem aumentar os gastos. Este projeto está sendo construído com tranquilidade".

Articulador – O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Junior Mochi (PMDB), anunciou durante evento da Rota Bioceânica, ontem, a concessão de título de cidadão sul-mato-grossense ao ministro paraguaio da Indústria e Comércio, Gustavo Leite, em proposição de Paulo Corrêa (PR). O agraciado é um dos principais articuladores do projeto entre os países da América do Sul.

Charque e carne – Paulo Corrêa não deixou de brincar com o ministro do Paraguai, ao lembrar que, junto com o título de cidadão sul-mato-grossense, poderia vir uma inscrição de sócio do Corinthians. Mas, lembrou que Gustavo Leite deve torcer para o Olímpia. "Agora sua responsabilidade aumenta, ele vai ter que comer, além do charque paraguaio, a carne de Mato Grosso do Sul".

Individuais – O PMDB fechou apoio a Rose Modesto em Campo Grande, mas, oficialmente, caberá às lideranças peemedebistas estabelecer individualmente o nível de compromisso com a candidata do PSDB. O presidente regional do PMDB, Junior Mochi, diz que seus correligionários estão liberados a declarar apoio individual aos candidatos.

Desde cedo – "Era líder de sala na oitava e embolsou o dinheiro, ficamos sem formatura". O comentário, de uma leitora, apareceu na postagem de notícia do Campo Grande News sobre o 'conquistador' Carlos Roberto Pereira Junior, preso pela polícia suspeito de aplicar golpes em mulheres. Além do caso mais recente e do suposto golpe ainda no tempo de colégio, ele tem processos e várias passagens por estelionato.

 

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions