A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/11/2015 07:00

O antecedente do juiz que pode afastar vereadores

Edivaldo Bitencourt

Temporal – Os funcionários públicos municipais de Campo Grande tiveram a oportunidade de folgar no feriado da Consciência Negra. No entanto, eles só foram dispensados do trabalho porque faltou luz nos órgãos públicos municipais.

Confusão – Apesar da Justiça ter derrubado o feriado estadual da Consciência Negra, muita gente ainda se confunde sobre a data em Mato Grosso do Sul. No Brasil, mais de mil cidades adotam o feriado lembrar a morte do líder negro Zumbi dos Palmares.

Frustração – O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não compareceu e frustrou o evento do partido na Capital. Ele não compareceu em decorrência do nascimento do quarto filho. Outras lideranças do partido compareceram, como o ministro das Comunicações, André Figueiredo.

Prioridade – O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, foi claro sobre as eleições de 2016: o partido terá candidato próprio a prefeito de Campo Grande. Ele disse que só assim as pessoas vão conhecer os nomes do PDT. “Quem não aparece não é lembrado, precisamos ter representante na eleição de Campo Grande”, frisou.

Concorrência – Lupi citou o nome do deputado federal Dagoberto Nogueira, que já disputou a prefeitura da Capital. No entanto, ele não esqueceu de outras lideranças, como o deputado estadual Felipe Orro. E, após por os nomes na roda, ele foi taxativo: hoje, faço o pedido, mas, se não for atendido, será ordem do presidente nacional.

Segunda – Dourados também começa a definir os pré-candidatos a sucessão de Murilo Zauith (PSB). A vereadora Délia Razuk, uma das principais lideranças da região, anunciou a filiação no PR, do ex-deputado Londres Machado.

Exemplo – Délia seguiu o exemplo do ex-deputado federal Marçal Filho, que trocou a sigla pelo PSDB. No entanto, o PMDB ainda não ficou sem pretendente na cidade. O deputado federal Geraldo Rezende ainda vai disputar a indicação com Antonio Nogueira.

Apreensão – A Câmara Municipal acompanha com apreensão o julgamento do pedido para afastar oito vereadores. O pedido foi feito pela Força Tarefa do MPE (Ministério Público Estadual) e deve ser tomado nas próximas horas pelo juiz David de Oliveira Gomes Filho. É o mesmo magistrado que determinou a volta de Alcides Bernal ao cargo de prefeito.

Sem quórum – A Câmara corre o risco de ter os trabalhos paralisados com as decisões judiciais. Se afastar mais oito vereadores, o Poder Judiciário vai reduzir o número de vereadores na ativa de 29 para 20. Ou seja, projetos ou cassação que precisar de dois terços não serão aprovados, já que o quórum qualificado é 20 votos.

(colaborou Leonardo Rocha)

Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...
Reinaldo diz que ação contra o crime não pode ser só no RJ
Mal gerido – Neste ano, o Ministério da Justiça e Segurança Pública gastou R$ 185,77 milhões do FNSP (Fundo Nacional de Segurança Pública), conforme ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions