A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/11/2015 07:00

O antecedente do juiz que pode afastar vereadores

Edivaldo Bitencourt

Temporal – Os funcionários públicos municipais de Campo Grande tiveram a oportunidade de folgar no feriado da Consciência Negra. No entanto, eles só foram dispensados do trabalho porque faltou luz nos órgãos públicos municipais.

Confusão – Apesar da Justiça ter derrubado o feriado estadual da Consciência Negra, muita gente ainda se confunde sobre a data em Mato Grosso do Sul. No Brasil, mais de mil cidades adotam o feriado lembrar a morte do líder negro Zumbi dos Palmares.

Frustração – O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não compareceu e frustrou o evento do partido na Capital. Ele não compareceu em decorrência do nascimento do quarto filho. Outras lideranças do partido compareceram, como o ministro das Comunicações, André Figueiredo.

Prioridade – O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, foi claro sobre as eleições de 2016: o partido terá candidato próprio a prefeito de Campo Grande. Ele disse que só assim as pessoas vão conhecer os nomes do PDT. “Quem não aparece não é lembrado, precisamos ter representante na eleição de Campo Grande”, frisou.

Concorrência – Lupi citou o nome do deputado federal Dagoberto Nogueira, que já disputou a prefeitura da Capital. No entanto, ele não esqueceu de outras lideranças, como o deputado estadual Felipe Orro. E, após por os nomes na roda, ele foi taxativo: hoje, faço o pedido, mas, se não for atendido, será ordem do presidente nacional.

Segunda – Dourados também começa a definir os pré-candidatos a sucessão de Murilo Zauith (PSB). A vereadora Délia Razuk, uma das principais lideranças da região, anunciou a filiação no PR, do ex-deputado Londres Machado.

Exemplo – Délia seguiu o exemplo do ex-deputado federal Marçal Filho, que trocou a sigla pelo PSDB. No entanto, o PMDB ainda não ficou sem pretendente na cidade. O deputado federal Geraldo Rezende ainda vai disputar a indicação com Antonio Nogueira.

Apreensão – A Câmara Municipal acompanha com apreensão o julgamento do pedido para afastar oito vereadores. O pedido foi feito pela Força Tarefa do MPE (Ministério Público Estadual) e deve ser tomado nas próximas horas pelo juiz David de Oliveira Gomes Filho. É o mesmo magistrado que determinou a volta de Alcides Bernal ao cargo de prefeito.

Sem quórum – A Câmara corre o risco de ter os trabalhos paralisados com as decisões judiciais. Se afastar mais oito vereadores, o Poder Judiciário vai reduzir o número de vereadores na ativa de 29 para 20. Ou seja, projetos ou cassação que precisar de dois terços não serão aprovados, já que o quórum qualificado é 20 votos.

(colaborou Leonardo Rocha)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions