A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/08/2018 06:00

O desabafo de Marquinhos com os reclamões

Marta Ferreira

“Nunca tá bom” - “De cada dez campo-grandenses, quatro nem pagam os impostos. Com o dinheiro dos seis faço para os quatro também.” O comentário é do prefeito Marquinhos Trad, depois de “desabafar” sobre os campo-grandenses que, segundo ele, só sabem criticar a cidade.

Outros enxergam – O prefeito exemplificou com o desfile de 26 de Agosto, quando, segundo ele, os elogios vieram de pessoas que não são daqui. “É impressionante você faz e continua fazendo e não há reconhecimento”, queixou-se.

Expectativa - “Não queremos aplauso, mas incentivo", afirmou Marquinhos. Para o prefeito, está faltando comparação. "Olhar para trás e dizer que não melhorou é injustiça”, completou.

Ainda bem - O prefeito comemorou o desacerto da previsão do tempo para o domingo. "Errou de novo", brincou, comentando que havia a informação de chuva no fim de semana do aniversário da cidade, além do frio.

Será? – Na Prefeitura, a expectativa de que o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, traga boas notícias sobre a habilitação de serviços e novas ambulâncias para Campo Grande. Ele pode vir ainda nessa semana.

Jeitinho – Equívoco na placa de inauguração de base operacional da Guarda Civil Metropolitana, na região do Centro, foi corrigido com adesivo. O erro foi geográfico. O local era indicado como se fosse a base do Segredo, que vai ser inaugurada esta semana, e não Centro.

No páreo – Uma das principais dúvidas referentes ao processo eleitoral deste ano acabou sendo respondida pela Justiça Eleitoral: a possibilidade de candidatos “avulsos” disputarem o Senado em chapas que já têm nomes inscritos na disputa. Dorival Betini, do pequeno PMB, teve seu registro deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Valendo – Presidente do PMB do Estado, Betini já havia apontado que as regras eleitorais permitem a candidatura majoritária ao Senado mesmo que o partido opte por outra aliança na proporcional –ol partido, no caso, está na “Avançar com Responsabilidade”, que apoia a reeleição de Reinaldo Azambuja (PSDB). Soraya Thronicke (PSL) aguarda decisão semelhante.

Primeiro caminho – Outra dúvida do processo eleitoral ainda depende de julgamento do TRE-MS, mas teve sinal verde da Procuradoria Regional Eleitoral. Alcides Bernal (Progressistas) recebeu parecer favorável em seu pedido de candidatura a deputado federal, em que pese o decreto aprovado pela Câmara Municipal que havia cassado seu mandato.

Precedente – Para se garantir na corrida por vaga na Câmara dos Deputados, Bernal relembrou do pedido apresentado em 2014, quando o Tribunal Superior Eleitoral considerou que os termos do decreto aprovado pelos vereadores não o impediam de disputar a eleição –tanto que, naquele ano, concorreu ao Senado e depois ainda voltou ao Paço Municipal por ordem judicial.

(Com Humberto Marques  e Kleber Clajus)

O "legado" de Pedrossian para Marquinhos
Para a história – O ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB), revelou a coluna uma espécie de recomendação dada ao irmão, Marquinhos Trad (PS...
A caminhada dos políticos no presídio
Atividade física – No último dia da prisão temporária, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) foi visto fazendo caminhada no presídio militar, no Jard...
MDB de MS "esquece" Meirelles
Sumidinho – A campanha do MDB local na tevê está veiculando uma “colinha” para o eleitor ensinando a votar nos candidatos da legenda. Quando chega a ...
Bolsonaro, adesões e "traições"
Adesões – A medida em que as pesquisas para a eleição à presidência têm saído, os candidatos que apoiam Jair Bolsonaro, por enquanto na liderança, es...


Por incrível que pareça eu concordo com o prefeito
 
Alex André de Souza em 28/08/2018 06:16:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions