ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Bem na foto

Por Jogo Aberto | 03/05/2011 06:00

Carlos Alberto Assis, presidente municipal do PSDB, anda mandando recados pelo twitter. "Estou gostando da aproximaçao entre PSDB e DEM, se a Marisa for para o TCE poderemos ter uma dobradinha com Azambuja e Mandetta, ou ao contrário!"

Inspirado o nome da operação que prendeu ex-vereadores em Dourados na semana passada. "Câmara Secreta" é nome de um dos filmes de maior bilheteria na história do cinema e integra a saga do mágico teen Harry Potter.

Mas nada chamou mais a atenção nesse novo episódio da "república douradense" que o visual do ex-prefeito Humberto Teixeira. Depois de tempos sumido, ele reapareceu com uma barba branca, digna de ermitão. Há quem diga que ele estava a cara do falecido Osama Bin Laden.

Vereadores e ex-parlamentares tentaram acompanhar de perto os depoimentos dos 4 presos durante a operação Câmara Secreta, alguns, inclusive já acionaram advogados com medo de mais respingos contra a classe política de Dourados

Delegado de Fátima do Sul resolveu punir de forma original marido qeu bate em mulher no município. Como muitas vítimas não seguiam com ação contra o agressor, o policial decidiu exibir a foto dos homens denunciados em galeria dentro da delegacia.

O deputado Londres Machado tinha cirurgia marcada para a manhã de ontem, às 7h30, no hospital Miguel Couto, mas não apareceu. Segundo assessoria, a operação era simples, um implante dentário, e foi adiada porque o deputado está em Fátima do Sul.

Apesar da imprensa nacional garantir que a nova droga do momento chegou também a Mato Grosso do Sul, a polícia nega qualquer apreensão aqui e ainda aposta que o "óxi" nunca vai emplacar por essas bandas, porque o "produto local" é ainda mais barato: a famosa "zuca", também sub-produto da cocaína.

Em Itaquirai ninguém sabe explicar qual o destino do lixo. Em Dourados o povo reclama que viu caminhões despejarem os restos produzidos pelo município vizinho 3 vezes por semana. A empresa responsável diz que manda caminhões para Dourados sim, mas vazios.

O problema é que nem a empresa, nem a prefeitura, sabem explicar para aonde vai o lixo. Reportagem da imprensa local diz que representantes da contratada primeiro disseram que o lixo ia para as bandas do Paraná, depois para Naviraí e no fim negaram tudo.

A Fibria estuda vender empreendimentos não-estratégicos para reduzir ainda mais seu endividamento. Um dos ativos fica no Rio Grande do Sul e outro em São Paulo. O grupo só garante que não muda nada no projeto considerado prioridade, a expansão em Três Lagoas.