A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/03/2018 06:00

Partidos desenham suas alianças

Marta Ferreira

Alianças - O deputado Paulo Corrêa, vice-presidente estadual do PR, afirmou que o seu partido está bem perto de fechar aliança com os tucanos, em apoio à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A decisão final já tem data.

Quando? - "Faremos uma reunião no dia 5 de abril para definirmos esta questão, mas já adianto que as conversas estão adiantadas para apoiar o governador”, afirma Corrêa. Na avaliação do parlamentar, “pelos bons números em diversas áreas”, Reinaldo merece o segundo mandato".

Sob análise - O líder do governo, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB), disse que o partido ainda não definiu quem vai ser o escolhido para a disputa do Senado. Ponderou que na sua concepção o secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), cotado para a disputa, deveria continuar na administração.

Essencial - O parlamentar argumenta que Riedel, na equipe desde o primeiro de mandato de Reinaldo Azambuja, é uma peça chave na gestão. "Ele é importante para a organização das pastas e projetos desenvolvidos pelo governo, seria importante ele seguir até o final do mandato", defende.

Sem pressa - Já o deputado Beto Pereira, presidente estadual do PSDB, disse que esta definição sobre o Senado só deve sair nas vésperas do prazo final, para que os secretários deixem os cargos para disputar a eleição. O outro interessado na vaga é

Caminhos - O PSD tem três vias para seguir nesta eleição, disse o presidente regional do partido e secretário municipal de Governo, Antônio Lacerda. Ou apoia uma das pré-candidaturas ao governo, ou lança um nome próprio ou, ainda, fica neutro.

E a definição ? A legenda, de acordo com ele, só vai escolher um desses trajetos entre maio e junho. A fala de Lacerda reforça o que já vem dizendo o prefeito Marquinhos Trad sobre o tema.

Fico - Lacerda também disse que não deve deixar o cargo no município para disputar a eleição deste ano. Alegou que, neste momento, a prioridade é cuidar da gestão municipal.

Eu também - Outro que garante permanência no cargo no pleito deste ano é o secretário de Cultura, Athayde Nery, ex-vereador de Campo Grande e ex-candidato a prefeito de Campo Grande. O apoio de seu partido, o PPS, deve permanecer ao PSDB, assim como fez a legenda em âmbito nacional.

Folclore local - Durante agenda na Aldeia Urbana Marçal de Souza, o prefeito Marquinhos Trad, assim como o embaixador do Canadá no Brasil, Riccardo Savone, participaram da Dança da Ema, de origem terena e que representa a vitória dos guerreiros. Convidados pelos indígenas, os dois foram erguidos do solo em uma estrutura de madeira formada pelos pedaços de pau que são característicos da dança.

(Com Mayara Bueno e Leonardo Rocha)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions