A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/03/2018 06:00

Partidos desenham suas alianças

Marta Ferreira

Alianças - O deputado Paulo Corrêa, vice-presidente estadual do PR, afirmou que o seu partido está bem perto de fechar aliança com os tucanos, em apoio à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A decisão final já tem data.

Quando? - "Faremos uma reunião no dia 5 de abril para definirmos esta questão, mas já adianto que as conversas estão adiantadas para apoiar o governador”, afirma Corrêa. Na avaliação do parlamentar, “pelos bons números em diversas áreas”, Reinaldo merece o segundo mandato".

Sob análise - O líder do governo, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB), disse que o partido ainda não definiu quem vai ser o escolhido para a disputa do Senado. Ponderou que na sua concepção o secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), cotado para a disputa, deveria continuar na administração.

Essencial - O parlamentar argumenta que Riedel, na equipe desde o primeiro de mandato de Reinaldo Azambuja, é uma peça chave na gestão. "Ele é importante para a organização das pastas e projetos desenvolvidos pelo governo, seria importante ele seguir até o final do mandato", defende.

Sem pressa - Já o deputado Beto Pereira, presidente estadual do PSDB, disse que esta definição sobre o Senado só deve sair nas vésperas do prazo final, para que os secretários deixem os cargos para disputar a eleição. O outro interessado na vaga é

Caminhos - O PSD tem três vias para seguir nesta eleição, disse o presidente regional do partido e secretário municipal de Governo, Antônio Lacerda. Ou apoia uma das pré-candidaturas ao governo, ou lança um nome próprio ou, ainda, fica neutro.

E a definição ? A legenda, de acordo com ele, só vai escolher um desses trajetos entre maio e junho. A fala de Lacerda reforça o que já vem dizendo o prefeito Marquinhos Trad sobre o tema.

Fico - Lacerda também disse que não deve deixar o cargo no município para disputar a eleição deste ano. Alegou que, neste momento, a prioridade é cuidar da gestão municipal.

Eu também - Outro que garante permanência no cargo no pleito deste ano é o secretário de Cultura, Athayde Nery, ex-vereador de Campo Grande e ex-candidato a prefeito de Campo Grande. O apoio de seu partido, o PPS, deve permanecer ao PSDB, assim como fez a legenda em âmbito nacional.

Folclore local - Durante agenda na Aldeia Urbana Marçal de Souza, o prefeito Marquinhos Trad, assim como o embaixador do Canadá no Brasil, Riccardo Savone, participaram da Dança da Ema, de origem terena e que representa a vitória dos guerreiros. Convidados pelos indígenas, os dois foram erguidos do solo em uma estrutura de madeira formada pelos pedaços de pau que são característicos da dança.

(Com Mayara Bueno e Leonardo Rocha)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions