ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Policial é único réu da Omertà em audiência sobre Playboy

Por Clayton News e Gabriela Couto | 10/02/2021 06:00
Everaldo ao fundo, com o advogado Odilon na frente em audiência virtual. (Foto: Reprodução)
Everaldo ao fundo, com o advogado Odilon na frente em audiência virtual. (Foto: Reprodução)

Livre e solto - Depois de libertado com tornozeleira, o primeiro programa oficial do policial federal Everaldo Monteiro de Assis foi no Fórum de Campo Grande. Ele era o único réu da Operação Omertà presente em audiência sobre a morte de Marcel Costa Hernandes Colombo, conhecido como “Playboy da Mansão”.

Visual diferente - Ao lado do advogado Odilon de Oliveira, Everaldo apareceu com cabelos mais cortados que o usual e bem magro depois de 17 meses preso. Marcel foi executado a tiros em outubro de 2018, crime atribuído ao grupo de extermínio do qual é acusado de fazer parte. Ao lado dele, o amigo e advogado Odilon de Oliveira.

Abstenções - Depois de uma série de abstenções durante a votação de projetos de lei na Assembleia Legislativa, o deputado Renan Contar (PSL) levou uma chamada de atenção do presidente da Mesa Diretora, Paulo Corrêa (PSDB). Durante a sessão desta terça-feira, Contar alegou ter dúvidas sobre um dos  projetos por possíveis emendas que foram apresentadas e por isso se absteve.

Puxão de orelha - Em seguida Corrêa disse que as emendas apresentadas não foram aceitas e por isso não tinha novidades na proposta. “A gente não fica muito contente com esse negócio de abstenção, mas o direito do voto é seu e ele é sagrado”. Contar se deu por vencido e votou contrário ao texto do Executivo que promove mudanças no Sistema Estadual de Defesa do Consumidor.

Única entre eles - A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) ganha elogios durante as sessões da Assembleia Legislativa. Os colegas fazem de tudo para manter o cavalheirismo e às vezes acabam esquecendo dos demais que estavam na fila pelo direito a falar. O deputado Rinaldo Modesto (PSDB) não foi lembrado nesta terça-feira após conceder a fala para a colega. O presidente Paulo Corrêa (PSDB) justificou dizendo: “Ela tira nossa concentração”.

Votação aberta - A bancada do PSDB acabou roubando o espaço final da sessão ordinária desta terça-feira (09) para escolher os representantes dos tucanos durante os trabalhos legislativos deste ano. Paulo Corrêa promoveu a votação aberta e pegou os colegas de surpresa. “Se vossa excelência quiser fazer a eleição assim, ao vivo, e de pronto estou à disposição”, disse Rinaldo Modesto após ser questionado quem seria o vice-líder do grupo já que Corrêa determinou que o professor continuasse com a missão de líder.

Radicalismo - Ao perceber que os demais tucanos estavam desconfortáveis com a situação, Corrêa questionou Rinaldo. “O senhor acha que fui muito radical?”. Aos risos, Rinaldo respondeu: “Não, foi muito unilateral”. Depois de concordarem com os cargos e funções, mesmo sem dois tucanos presentes na sessão virtual, Corrêa ironizou: “Bem democrática essa eleição. Desculpa os outros, é uma coisa nossa, do PSDB, mas foi uma eleição aberta.”

Do contra - Em audiência com a secretária municipal de Educação, o vereador Sandro Benites (Patriotas) foi o único a se posicionar contra a suspensão das aulas presenciais na rede pública. Ao defender a opinião, ele lembrou da lotação em shoppings e no comércio. O parlamentar, que também é médico, causou desconforto ao questionar a importância que a Câmara dá para a Educação.

Estamos aqui - A fala provocou nariz torcido entre os vereadores e resposta direta do presidente da Casa, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB). “Damos sim muita importância, se não, nem aqui estaríamos”, retrucou.

Festa em dose dupla - Mais jovem da Câmara Municipal, a vereadora Camila Jara completa 26 anos nesta quarta-feira (10). Por coincidência, mesma data em que o PT, partido do qual faz parte,  comemora 41 anos de criação. Camila não vai fazer festa, mas abriu campanha para quem quiser dar presentes. Pede fraldas para doar ao Projeto Corujá.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário