A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/12/2013 06:00

Popularidade de Bernal, André e deputados

Edivaldo Bitencourt

Impopular – Levantamento do Idope mostra que a reprovação supera a aprovação da gestão do prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP). Para 33,68% da população, a gestão é considerada ruim (9,31%) ou péssima (24,37%). A maior taxa de reprovação está nas regiões Centro (38,33%), Segredo (38,78%), Prosa (36,96%), Lagoa (34,96%) e Imbirussu (34,63%).

Regular – Para maior parte da população, segundo o Idope, a administração de Bernal é considerada regular (46,38%). Só 19,94% consideram o prefeito como ótimo ou bom. A maior taxa de aprovação está na região do Bandeira (25,82%).

Céu de brigadeiro – Já o governador André Puccinelli (PMDB) é aprovado pela maior parte dos eleitores de Campo Grande. A administração estadual é aprovada por 56,54%, sendo boa para 44,52% e ótima para 12,02%. Só 13,21% a desaprovam, sendo 4,62% ruim e 8,59% péssima.

Regiões – O governador André Puccinelli alcança os maiores índice de aprovação, de acordo com o Idope, nas regiões do Bandeira (61,89%) e Prosa (61,96%). O maior índice de desaprovação é na região do Anhanduizinho (16,85%).

Populares – A pesquisa também é boa para os irmãos Trad. Fábio é líder disparado na disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados. E Marquinhos lidera as intenções de voto para Assembleia em 2014. A margem de erro da pesquisa é de 2,5% para mais ou para menos.

Enxurrada – Até empresários da Capital estão preocupados com a onda de atestados médicos. Eles estão reclamando de prejuízos com a “avalanche” de funcionários afastados por supostos problemas de saúde. Teve um comerciário que pegou 80 atestados médicos.

Onda de atestado – A moda de apresentar atestado tem outra adepta, que não foi citada ontem. A empresária Betina Siufi usou o atestado para não depor na CPI da Saúde da Câmara Municipal. Ela usou a mesma tática do prefeito Alcides Bernal, dois graduados na administração e um empresário para escapar da fiscalização do legislativo municipal.

Atestado inútil – Apesar de alegar problemas de visão e vulnerável a situação de estresse, o prefeito Alcides Bernal passou o dia de ontem no Facebook. Ele atacou jornais e fez comentários sobre as notícias publicadas na mídia, incluindo-se o Campo Grande News.

Soy gobierno – O PPS aderiu a máxima do famoso senador baiano Antônio Carlos Magalhães. “É sempre governo”, segundo a vereadora Carla Stephanini. Ela lembrou que o partido, junto com a vereadora Luiza Ribeiro (PPS), fez parte das gestões de André Puccinelli e Nelson Trad Filho, do PMDB. Agora, são fieis ao atual prefeito, Alcides Bernal.

Oposição, como assim? – O eleitor campo-grandense não está entendendo o que está acontecendo na Câmara Municipal. Paulo Siufi (PMDB) “ganhou” seis funcionários para o gabinete de Bernal. Doutor Jamal indicou a nova presidente do Instituto Municipal de Previdência. E agora, os dois garantem que continuam na oposição.

(colaboraram Kleber Clajus, Leonardo Rocha e Aliny Mary Dias)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


Idope? Era para confundir com Ibope? Meio estranha essa pesquisa...
 
Paulo Moraes em 13/12/2013 15:26:41
Realmente nenhum politico até hoje olhou para o lado do ANHANDUIZINHO, e uma falta de tudo , o que temos na região: buracos, presidios, ets, e lixões.
 
eraldo a bento em 13/12/2013 07:07:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions